Qual seria a média ideal de chegada à ITM?

lll_JR_lll: Saudações,

Fico em dúvidas em relação a esta estatística, sei que tem a questão do longo prazo e gostaria de saber dos amigos qual seria a porcetagem ideal para um iniciante.

eu jogo os sit de 0,25 – 2,20 – 4,40 e a minha minha média e de 13,3% em ITM.

desde já agradeço.

Sarsante: antes de tudo te aconselho a começar por uma gestão adequada de banca.

para jogar mtt o aconselhável é jogar com 100 buy-ins.

então se você tem $25 você jogaria os de 0,25 e para jogar os de 4,40 o ideal é ter $440.

pra itm e roi serem confiáveis é preciso no mínimo mil torneios jogados, alguns defendem mais de 2 mil.

o itm esperado pode ficar entre 10-15%, talvez um pouco mais pros micros.

prof_anselmo: nessa questão de itm, está na média sim. Como o Sarsante afirmou de 10 a 15 % de ITM é o normal. Os profissionais ficam nessa média também. Pois jogam pra frente e sempre agressivo, portanto, correm mais riscos.

Ontem acompanhava o Gomes jogando, e vi algumas mãos interessantes, que talvez eu teria jogado de outra forma, mas agora vem o detalhe o homem tem braceletes internacionais, e quem é esse humilde mortal para falar o contrário hehehehe

mas a média de itm é essa mesmo, e vocÊ tá dentro

wltr: Você está dentro da média, mas é necessário ter uma “certa” quantidade de amostragem para poder ter um dado correto, como o sarsante disse, 1k de torneios seria suficiente para demonstrar com confiança. Além disso, é indispensável que jogue seguindo uma gestão sólida de bankroll para evitar quebrar e subir nos limites com segurança e lucro pois jogando fora do limite que sua banca permite, você tende a jogar com medo de pagar, aplicar raise, 3bet etc. prejudicando seu jogo.

Melvins: O problema é que depende um pouco do estilo. Alguém com 20% não é necessariamente melhor que um 12%, se este chegar mais vezes a final tables. Eu sei que o ITM dos melhores portugueses online é 14-15% (em 2009, o João Barbosa deve ter tido uns 50% nos EPT ao vivo lol… e é agressivo… o Luca Pagano é conservador e tem vários ITMs, mas nenhum título).

Acho que depois interessa é estatísticas como final table… quer dizer, a mais importante é ROI, prémios absolutos e hourly rate. :p

Cebola: O problema é que depende um pouco do estilo. Alguém com 20% não é necessariamente melhor que um 12%, se este chegar mais vezes a final tables. Eu sei que o ITM dos melhores portugueses online é 14-15% (em 2009, o João Barbosa deve ter tido uns 50% nos EPT ao vivo lol… e é agressivo… o Luca Pagano é conservador e tem vários ITMs, mas nenhum título).

Acho que depois interessa é estatísticas como final table… quer dizer, a mais importante é ROI, prémios absolutos e hourly rate. :p

Luca Pagano se nao me engano é o cara que mais chegou em Final tables em EPT’s, mas nao ganhou nenhum titulo ainda

op, vc nao deve se preocupar com essas estatisticas ainda, apenas se preocupe em ganhar o torneio, chegar na ft que já é bem melhor que pegar varios itms consecutivos…

lll_JR_lll: Eu penso na questão do longo prazo e se estou no caminho certo, acho que eu preciso acertar a minha estratégia no ITM para chegar mais vezes as FT e aprender a suportar quando os outros jogadores aceleram o jogo ou ficam mais agressivos.

prof_anselmo: meu amigo com blinds entre 100 e 200 para frente e ANTE na parada, a galera tende a acelerar o jogo e acrescentar mais 3bets, portanto incorpore 3bets lights e cbet apos sua cbet, se ele não tiver voltado a casa no pre-flop, independente de suas cartas. A partir do momento que vc 3beta e ele apenas dá o call, você toma a direção da mão.

Claro que se você tiver stack para um 3bet e fold..

Caminho certo você está, ferramentas você precisa mais FT você chegará (MASTER JEDI)…

Brincadeiras a parte… eu jogo torneios muito grandes com field em 3 Mil Jogadores mais ou menos, além das selvas de 8 a 9 Mil Jogadores que de vez em quando eu to dentro também hehehehehe

Sem isso fica complicado… eu propus uma discussão sobre a estilo tradicional ou o Small Ball, vale a pena você dar uma lida e discutir com a gente lá…..

//pokerdicas.com/forum/discussao-geral-sobre-poker/8282-jogar-padrao-adaptar-se-para-small-ball.html

Melvins: @Cebola: O Luca Pagano não joga para títulos. Não sei quantas final tables tem (mas o João Barbosa, por exemplo, que é mais agressivo chegou mais vezes ITM nos últimos 2 anos e venceu um título), mas já vi ele numa final table e, sem ter uma stack maravilhosa, para ele AQ é um carta vulnerável e fica exposto a bluffs. Ele parece simplesmente desistir da luta pelo título, não considero um bom jogador nessa fase, embora o nr. de ITMs ser necessariamente de um bom jogador.

Eu tenho de explorar melhor esta vertente, que no fundo é a mais interessante do póquer, mas a mais difícil de gerir. Convém jogar para ganhar, mas acho que existe muita informação contraditória ou que, pelo menos, confunde.

DonVitche: Amigos, independente do Tópico, já que o Mestre Anselmo também está se manifestando aqui, gostaria de saber uma opinião de vocês:

Quando vejo na minha mesa um LAG, na maioria das vezes a impressão que me passa é que está jogando para perder. Às vezes ganha bons potes, sempre sem showdown e, lá na frente, já com bom stack, fica bem tight. Essa leitura de que o cara está jogando para perder, na visão dele, é o comportamento ideal para ganhar o torneio?

Vocês também os vêem assim?

Abraços!

afsalagoas: Donvitche,

Não é jogar pra perder ok, é jogar com raises menores e call também… A ideia é mascarar teu range e justamente conseguir uma boa dobrada…

Jogar Small Ball é alto nível, não é “donkeytoria” total..

Você não compreendeu o contexto.

Sarsante: DonVitche, os bons LAG’s são os jogadores mais vencedores de seus limites. Eles dominam o aspecto posicional do jogo, fazem boas leituras e como não jogam só as boas cartas frequentemente são pagos quando tem boas mãos.

O problema é que é muito mais difícil ser um LAG bom, do que um TAG. Por isso vemos mais TAG’s vencedores do que LAG’s.

DonVitche: Compreendi sim, Alagoas, é que eu estava falando sobre a imagem dos LAG’s nas mesas, mas acabei usando o tópico errado. Queira desculpar por isso. Postarei no correto.

Abraço amigo!

DonVitche: DonVitche, os bons LAG’s são os jogadores mais vencedores de seus limites. Eles dominam o aspecto posicional do jogo, fazem boas leituras e como não jogam só as boas cartas frequentemente são pagos quando tem boas mãos.

O problema é que é muito mais difícil ser um LAG bom, do que um TAG. Por isso vemos mais TAG’s vencedores do que LAG’s.

Sim, Sarsante, mas a imagem que eles passam para os demais jogadores nas mesas é a de que não estão nem aí se cairem, ou seja, jogando para perder. Minha dúvida é essa: …os LAG’s querem, de fato, passar essa impressão? Ela seria real? Quero dizer que, no sentimento deles, o propósito seria o de chegar forte lá na frente, e o preço disso é aumentar muito as chances de cair logo no inicio?

Amigos, estou transferindo essa conversa para o Tópico do Prof_Anselmo, que me parece o local mais apropriado: //pokerdicas.com/forum/discussao-geral-sobre-poker/8282-jogar-padrao-adaptar-se-para-small-ball-2.html#post90489

Petrillo: Grande discussão galera! Parabéns!!

@ Respondendo a pergunta do tópico.

O número ideal de ITMs é de 100%.

@ Respondendo o que a pergunta queria saber

O que tu queria dizer no tópico era “qual seria um bom índice de sucesso em MTTs?”. A resposta não faz sentido em termos de ITMs. Na prática, não interessa quantos ITMs você tem. O que importa é o retorno do investimento (ROI).

Eu entendo que um bom retorno do investimento para micro limits seja de 10%. Para limites mais caros, acredito que 5% seja muito bom.

Vlw!

Le_AmericoJF: Rapaz, fugindo um pouco das estatísticas, conheço um cara de Juiz de Fora que joga pra ficar ITM custe o que custar, segundo ele, nem que fique short o torneio inteiro e só pegue o que pagou de volta, diz que já vale a pena pela experiência, com o tempo vc começa a conquistar boas posições. Mas pra isso ele fica ultra tight o torneio inteiro, mas garante que já lucrou mais de 500% do investimento no 1º depósito. Sei lá, acho legal, mas jogar shortstack o templo todo pode ser frustrante, por outro lado vc orna-se um pouco mais respeitado.

Sarsante: Rapaz, fugindo um pouco das estatísticas, conheço um cara de Juiz de Fora que joga pra ficar ITM custe o que custar, segundo ele, nem que fique short o torneio inteiro e só pegue o que pagou de volta, diz que já vale a pena pela experiência, com o tempo vc começa a conquistar boas posições. Mas pra isso ele fica ultra tight o torneio inteiro, mas garante que já lucrou mais de 500% do investimento no 1º depósito. Sei lá, acho legal, mas jogar shortstack o templo todo pode ser frustrante, por outro lado vc orna-se um pouco mais respeitado.

em mtt você joga short stack quase o tempo todo, salvo os primeiros níveis ou se você for um dos CL’s de um torneio deep não turbo.

Melvins: Acho que não compensa ser ultra-tight só para chegar ITM, para isso mais vale jogar DoN ou SnG, na minha opinião. Os prémios que compensam estão na final table.

Marcelo: O que vale pessoal é o ROI e a hourly rate.

Se o cara lucra mais por hora jogando para ficar ITM, ótimo!

Mas sabe-se que jogar para ganhar tende a ser melhor a longo prazo.

Itallo13: comecei a jogar poker a uns 2 anos mas só com moeda fictícia, ai encontrei um clube na minha cidade joguei uns satélites e ganhei vaga pro torneio principal da cidade, nisto só tinha jogado ao vivo 4 vezes nos satélites, no torneio meu primeiro torneio fiz mesa final e fui o bolha do ITM fiquei em 8º de 40, ai comecei a jogar no pppoker com o clube e joguei mais uns 5 MTT e nao consigo entrar no ITM, fico pensando no que errei,estou estudando mundo todo dia, seu que sou um iniciante mas fico pensando no que estou fazendo errado se é melhor parar ou continuar no poker.

Autor original: lll_JR_lll.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -