Tradução do Partial SNG Book

Vadiu: Traduzido e adaptado de ChrisV SNG stuff: Partial SNG book (ChrisV) por Vadiu

Como o meu tempo anda meio curto, vou traduzindo por partes

Vadiu: Em cash games, os jogadores medem as perdas e lucros em termos de bigbets/100 mãos, ou bigbets/hora. Isso permite uma comparação das taxas de vitória nos diferentes limites jogados.

Nos SNGs, as taxas de vitórias são medidas por porcentagem, chamadas de Retorno do investimento, ou ROI. É simplesmente o lucro total dividido pelos buy-ins totais.

Por exemplo, se vc teve um lucro de 660 após 100 SNGs de 50+5, seu ROI será 660/5500 = 12%

Marcelo: Lucro líquido de $660? Então ganhou no total $6160, correto?

Vadiu: correto. pelo menos eu entendi isso, é o lucro final descontado todos os BI.

Vadiu: Na maioria dos SNGs de 10 pessoas (9 no ps) 50% do prêmio vai para o ganhador, 30% pro 2o colocado e 20% para o 3°.

A diferença entre torneios e cash games:

Em uma mesa de cash, se um jogador entra em uma mão a qual pode perder $500 ou ganhar $500, com uma probabilidade de 50/50; o valor esperado é exatamente neutro (desconsiderando o rake). Em uma mesa de cash prevalece o axioma de que uma ficha de um dólar vale um dólar, em qualquer contexto.

Em torneios, as fichas nem sempre valem o mesmo valor.

Considere, por exemplo, um torneio SNG com Buy in de $100 onde todos começam com 1.000 fichas. No total, as 10.000 fichas em jogo valem $1.000.
No final do torneio, alguém terá 10.000 fichas, mas elas só valerão 50% do prêmio. O valor dessas 10.000 fichas diminuiu para $500.

Para determinar as jogadas corretas em situações de torneios (especialmente SNGs), precisamos encontrar um modo de saber qual o valor exato, em dólares, que as fichas estão valendo naquele momento do torneio. Com isso, poderemos tomar decisões mais favoráveis, como quantas fichas nós devemos por em risco para conseguir um ganho estimado teórico.

A modelagem de eqüidade, que veremos nos próximos capítulos, é um dos meios de respondermos essas e outras questões.

Ras Lucas: Nunca consegui jogar direito pensando no valor das fichas em SnG, nunca paro pra pensar isso na hora.

Vadiu: A equidade de um jogador em um torneio é a sua expectativa, expressa em uma fração do total da premiação, em um dado ponto deste torneio. È calculada multiplicando a chance (em %) que pode terminar nas posições ITM e a porcentagem do prize pool que aquela posição paga, e então, somando-se os números resultantes.

Por exemplo: digamos que você tenha 20% de chance de terminar em primeiro, 25% de terminar em segundo, 30% de terminar em terceiro e 25% de acabar ficando fora do ITM.
Sua Equidade é:

0,2×0,5 + 0,25×0,3 + 0,3×0,2 = 0,235 ou 23,5%

A quantidade total de equidade em um torneio é constante, porque a soma da equidade de todos os jogadores restantes sempre será 100% = todo o prize pool.
Entretanto, qualquer jogada que aumenta a equidade de um jogador irá causar um decréscimo na equidade de um ou mais dos jogadores restantes.

Como a equidade é um sumário da sua expectativa de lucro, não preciso nem dizer que o objetivo de qualquer jogada feita em um torneio é aumentar sua equidade. Você nunca deve “jogar pra ser o primeiro” ou “jogar pra ficar ITM”. Você deve fazer suas jogadas simplesmente visando o aumento da sua equidade, e conseqüentemente vai ganhar dinheiro.

A modelagem da equidade é um método de estimar a equidade dos jogadores, com base na quantidade de fichas deles, e sua relação com as blinds. Logo mais, vou escrever sobre o Independent Chip Model ou ICM. Um dos modeladores de equidade mais amplamente usados pelos jogadores de SNGs

Vadiu: Os SNGs e os Multi-Table Tournaments (MTTs) tem uma estrutura bem diferente. Poderíamos aplicar uma equidade nos MTT usando o ICM , porém as somas seriam muito mais complicadas pois eles diferem principalmente na quantidade de pessoas. A diferença entre os cash games e os torneios são mais evidentes em SNGs que MTT por duas razões:

Situações de bolha mais difíceis nos SNGs

A diferença entre o 4o lugar e o 3o em um SNG é 20% do prize pool, o que representa uma mudança dramática na decisão de uma jogada correta. Nenhum MTT tem uma bolha com uma diferença tão gritante, pois os primeiros a caírem ITM normalmente recebem pouco mais que o BI.

Estrutura de payout

30% dos jogadores de SNG ficam ITM. Os MTTs tipicamente pagam somente os 10-15% finalistas, sendo que os 5% melhores recebem 75% da premiação total. Isso torna a estrutura do MTT muito mais tendenciosa aos primeiros lugares. Quanto mais a estrutura de premiação favorecer os primeiros lugares, mais o MTT deve ser jogado com um cash game. Em um MTT onde apenas o primeiro colocado leva o prêmio, a estratégia é quase idêntica a um cash game normal.

Conclusão:

Em um MTT, a modelagem da equidade é mais complexa e difícil tanto matematicamente quanto intuitivamente. Isso acontece devido às diferenças nas estruturas do payout. Como usar tal modelagem não afeta a decisão correta em MTTs, a maioria dos autores de livros sobre torneios No-Limit escolheram ignorar a modelagem de equidade, usando apenas o cálculo de odds.
O mesmo não acontece nos SNGs. O cálculo de pot odds frequentemente nos fornece respostas erradas, principalmente em situações de bolha. Usar um modelo de equidade como o ICM é, portanto, essencial.

Vadiu: O ICM é um modelo que equidade que funciona muito bem em SNGs.
Hoje eu descreverei o método usado para calcular as equidades no ICM.

Se você não entender agora, não tem problema, dá pra jogar imaginando o ICM como uma fórmula mágica. Mas esse tópico descreve a magia por trás da fórmula.

Suponha que, em um SNG normal, restam três jogadores – A, B e C – com stacks de 10k, 6k e 4k respectivamente.
->Assumiremos que os três jogadores têm as mesmas habilidades.

O Processo começa colocando-os na probabilidade de terminarem em primeiro. Esta probabilidade inicialmente é conseguida simplesmente observando a porcentagem de fichas que eles têm, em relação ao total. Então:

A: 50%
B: 30%
C: 20%

Agora, peguemos cada uma destas possibilidades e mentalmente eliminemos o jogador A, deixando os outros dois no jogo.
Quando nós tirarmos A do jogo, sobrarão stacks de 6k e 4k, com um total de 10k. Isso significa que B termina em segundo 60% do tempo e C, 40% do tempo. Entretanto, como queremos um resultado geral. Como A terminava em 1° 50% do tempo, temos que incluir as possibilidades dos outros dois jogadores, tendo (em ordem):

A, B, C: 30%
A, C, B: 20%

Depois precisamos fazer o mesmo cálculo, agora eliminando o jogador B, e depois disso, novamente, com o jogador C.

Ao final do processo teríamos:
A, B, C: 30%
A, C, B: 20%
B, A, C: 21.43%
B, C, A: 8.57%
C, A, B: 12.5%
C, B, A: 7.5%
Todas as probabilidades devem somar 100%

*->Se tivéssemos 4 jogadores restantes, teríamos que adicionar mais um nível, eliminando o jogadore que acabou em 2° e repetindo o processos para C e D, e então multiplicando a probabilidade obtida para cada um deles.

Supondo que queremos determinar a equidade geral para o jogador A, precisaremos multiplicar a chance em que A termine em 1°,2° e 3° pelos prêmios recebidos por cada colocação (expressos como fração do prize pool)

Equity(A) = 0.5 * (0.3+0.2) + 0.3 * (0.2143 + 0.125) + 0.2 * (0.0857 + 0.075)
Equity(A) = 38.39%

Temos que o stack de 10k de A, conforme o ICM, vale 38,39% do prize pool do torneio

Marcelo: Bizarro cara, cálculo complicado mesmo, agora entendi.

prof_anselmo: Parabéns companheiro, bastante complicado o raciocínio pra se chegar a esses valores.

Vadiu: Complicado?!?! vcs vão ver essa próx parte q eu to traduzindo

Artigo Profissa

Vadiu:
Programas para a análise de ICM (pagos)

SNGPT – Sit-n-Go Analyzer
SitNGo Wizard – The SitNGo Wizard – Home

Calculadora on line gratuita, que calcula o ICM conforme o tamanho das stacks inseridas
//www.bol.ucla.edu/~sharnett/ICM/ICM.html.

Vadiu: Nos tópicos anteriores, nós discutimos que em um torneio, uma ficha ganha sempre vale menos que uma ficha já no seu stack. Uma consequência disso é que existe um viés (do inglês BIAS), uma tendência natural contra colocar fichas no pot. Em um cashgame, para pagar um raise all in, um jogador precisa ser o favorito para justificar o call. Já em um SNG, nós teremos que ser mais que simples favoritos. Precisamos ser substancialmente favoritos.

Graças ao ICM, podemos calcular exatamente o quão favoritos precisamos ser:

Suponha que está jogando um SNG onde todos começaram com 2k fichas e os blinds estão 10-20.

Voce está no BB com :2h :2d .
Todos foldam, com exceção do SB, que puxa all in.
Acidentalmente ele mostra as cartas dele a você.
Ele tem :Ac :Kd . Você deveria pagar o allin?

->Se vc foldar, perderá apenas o blind, tendo ainda 1980, praticamente seu stack inicial. O ICM considera isso como 9,91%, um pouco menos que os 10,00% que vc começou.

->Se vc pagar e perder, sua equidade é bastante óbvia: zero. Voce estará fora do torneio.

->Se vc pagar e ganhar, você terá 4000 fichas, enquanto os seus 8 oponentes restantes terão 2000. O valor de ICM para isso é 18,44%.

E se nós quiséssemos saber qual a probabilidade mínima onde uma mão vence, no limite do que seria um call breakeven. (Breakeven (empate) significa que a eqüidade de pagar se iguala à equidade de foldar)

Tendo:

E = a equidade de pagar e vencer
E = a equidade de pagar e perder
E = equidade de foldar
P = a probabilidade de ganhar
(Pra simplificar, vamos ignorar a possibilidade de um split pot)

Então:

E x P + E x (1 – P) = E

Se E nessa mão for zero, nós podemos ignorer esse termo, ficando com:

0.1844 x P + 0 x (1 – P) = 0.0991
0.1844 x P = 0.0991
P = 53.74%

Conforme o ICM, precisamos ganhar 53,74% do tempo para dar esse call. Como :2h :2d só ganha de :Ac :Kd 52,34% das vezes, empatando 0,31%. O move correto para essa jogada é o FOLD

Além disso, nós podemos calcular exatamente o quanto esse call custaria.

A equidade de pagar é:

P x E + P x E
= 0.5234 x 0.1844 + 0.0031 x 0.1000
= 0.0994

Subtraindo isso de E nos dá 0.18% do prize pool. Em um SNG de Buy in de $100, pagar aqui nos custaria $1,80

Além disso o jogador com :Ac :Kd também perde:

P x E + P x E
= 0.4730 x 0.1844 + 0.0031 x 0.1000
= 0.0875

isso dá uma perda de 1.16%, custando $1,16 em um SNG de $100

Mas aí vcs vão perguntar. Se a quantidade total de equidade em um torneio é constante, como os dois jogadores perdem equidade? Pra onde a equidade está indo?

A resposta é que a equidade é distribuida por igual entre os outros jogadores do torneio. Em um SNG, todo o jogador tem fichas em jogo em todas as mãos. Se você já esteve muito short e teve o prazer de ver outra pessoa estourar a bolha vai entender a idéia.

Mesmo não estando envolvido em uma mão, é óbvio que sua equidade aumentou bastante. A mesma coisa está acontecendo a cada mão do torneio, mesmo que despercebidamente.

Essa perda líquida da equidade não se limita às situações de allin:

Supondo que dois jogadores tenham um confronto de 500 fichas em um sit onde todos começam com 2k fichas, e supondo ainda, que ambos tenham 50% de chance de ganhar ou perder, as possíveis equidades deles serão:

2500 fichas: 0.1223
1500 fichas: 0.0767

Fazendo a media desses valores temos 0,0995, o que significa que cada jogador perdeu 0,05% do prize pool (50 cents em um buy in de $100). Esse dinheiro foi re-distribuído para os outros jogadores que não participaram do confronto.

Se, logo em seguida, outro confronto igual acontecer(com os mesmos dois jogadores, onde cada um tem 50% de chance de ganhar 500 fichas) existirá 50% de chance que ambos termine com 2000 fichas novamente, retomando a equidade inicial de 0,1 para todos. Mas, nas outras 50% das vezes, as stacks ficaram ainda mais diferentes:

3000 fichas: 0.1438
1000 fichas 0.0524

Para o jogador que começou com 2500 fichas, sua equidade média depois dessa mão é de 12,19%, uma perda de 0,04%. O jogador com 1500 fichas fica com a equidade media de 7,62%, uma perda de o,o5%. Mais uma vez, a equidade que sobra é re-distribuída para os jogadores que não estavam envolvidos na mão.

CONTINUA…

Marcelo: Excelente a análise. Essa é para anotar: você precisa ter uma vantagem substancial para pagar um all-in.

Simão: Excelente tópico, mas complicado de fazer os cálculos. Agora, nessa situação ai de all in com pocket 2, nem se ele me mostrasse 34o eu pagaria, não no início do torneio.

Vadiu: Continuando…

Devemos lembrar que a porcentagem de vitórias pode ser alterada, resultando em um equilíbrio no ganho de equidade entre os dois jogadores. Por exemplo, se o short stack tivesse 100% de chance de ganhar o segundo confronto, o resultado da mão seria o inverso, com um ganho de equidade líquida.

Mas, se o bigstack fosse 100% favorito, a perda de equidade seria igualmente maior.

->No longo prazo, a tendência das coisas é se igualar, a porcentagem de ganhos tenderá a 50%.

Isso nos leva ao título do tópico, o viés contra o confronto:

Em um SNG, confrontos entre jogadores resultarão, em média, uma perda de equidade líquida para aqueles jogadores envolvidos na mão e um ganho de equidade para os jogadores que estão observando. Esse é o viés, os jogadores envolvidos tendem a perder equidade no longo prazo.

Para se envolver em qualquer mão, você deve primeiro ter certeza que vai ganhar fichas suficiente para superar o viés do confronto, e quanto mais fichas tiver no pote, pior será a perda de equidade.

Até agora, nossos exemplos de viés contra o confronto foram simples. Antes de começar a pensar que o conceito é apenas técnico e que não se aplica ao mundo real, vamos analisar esse exemplo mais extremista.

Essa mão foi retirada de uma jogada real em um SNG $100+9

Cutoff: 460
Button: 550
Hero (SB): 13650
BB: 5340
Blinds: 300/600.

Cutoff e button foldam.

Hero manda all in.
(a mão do herói nao é importante, poise le faria esse move com ATC (qualquer 2 cartas).

BB dá call com seu 22.

Essas são as ICM para as possibilidades:

Oponente folda
Cutoff: 0.1063
Button: 0.1267
Me (SB): 0.4393
BB: 0.3278

Oponente dá call e perde
Cutoff: 0.2502
Button: 0.2600
Me (SB): 0.4898
BB: 0.0000

Oponente dá call e ganha
Cutoff: 0.1032
Button: 0.1232
Me (SB): 0.3733
BB: 0.4003

Oponente dá cals e empata
Cutoff: 0.1053
Button: 0.1256
Me (SB): 0.4328
BB: 0.3362

Contra uma mão aleatória, o oponente ganha 49,39% das vezes e empata 1,9%.

Isso dá a seguinte equidade para o call:

Cutoff: 0.1749
Button: 0.1899
Hero (SB): 0.4312
BB: 0.2041

Pagando, ao invés de foldar, o oponente perde 12,37% do prize pool. Isso representa mais que um buy in do SNG, que ele perdeu em uma única mão.

Infelizmente, o herói não se beneficia dessa generosidade, com uma perda de equidade igualmente substancial, embora menor que do oponente.

Os verdadeiros beneficiados dessa jogada foram os outros dois shortstacks que sequer jogaram.

Em um SNG, é bastante comum que decisões ruins feitas pelo seu oponente lhe custem dinheiro. Por outro lado, se o vilão não entende esse viés contra o confronto, você poderá apenas observar sua equidade ir aumentando à medida que os outros oponentes ignorantemente se digladiem.

FIM!

Espero que tenham gostado do artigo e da tradução. Um abraço e bom jogo.:coolgleam:

Vadiu: Quem quiser continuar a leitura, estou traduzindo outro artigo aqui:

//pokerdicas.com/forum/torneios-sit-go-sng/1689-davsimons-sng-strategy-guide.html#post15426

Vadiu: haha tinha esquecido desse artigo, é bem legal pra quem tá aprendendo icm…

bumpado para apreciação

Marcia: Olha eu jogo Six Max Cash Games e não meço minhas perdas e lucros em termos de bigbets, na realidade, criei uma tabelinha no Excell para o controle de meu bankroll e já programei uma das colunas da tabela para calcular meus ganhos e perdas em termos de percentuais do investimento feito.
Veja bem, se entro em uma mesa de 5 dólares por exemplo e saio com 10 dólares eu tive um lucro de 100%.
Esse negócio de calcular o percentual de lucro me deixa bem motivada e em geral eu ganho porque não é muito difícil quando se sabe como.
Mas há vezes em que pinta um azarzinho e a gente fica sem ganhar varias mesas seguidas, eu tenho uma estratégia para isso e determino para mim mesma que quando perder x eu saio.

afsalagoas: Marcia,

Joga quantas mesas por dia?

Teseu: Up! desenterrando esse tópico um verdadeiro tesouro, Ótima tradução!

Tex Wilde: Vadiu, este partial sng book tem origem onde? Foi retirado do livro do Moshman ou o quê?

fonteles: Dezosso Vadiu.

Critical poker concept, equidade de torneio. O valor das fichas são relativos, deflacionando e inflancionando o seu valor na medida que as equidades de todos os oponentes entram em conflito uns contra os outros ou um contro todos os restantes . As fichas tb não correspondem a valor d dinheiro. Daí que entra o fato desse conceito ser critico neh. A nossa intenção não é ganhar dinheiro?.

No cash game se eu disputo um coin flip a grosso modo eu não perco nem ganho dinheiro ao longo de uma série de disputas (breakeven), eu só perco tempo. Moshman na obra prima fala que a equidade da disputa coin flip é diferente da equidade da disputa de um torneio. É errado se envolver num coin flip early stage de STT pq 50 % das vezes eu perco todo um torneio ainda a ser jogado, e dobrar as minhas fichas nos outros 50 % que eu ganho nao que dizer que eu dobrei minha equidade.

” The lose of this race has lost chips of greater value than those the winner receives”, diz Moshman. Ganhar os 50 % de equidade no showdow – ou dobrar cedo, justificativa usada pelos donks q pagam um all in com AK , mas quando não bate fica lamentando e falando que quem é donk é o cara que foi de all in com par de dois- não justifica nunca o fato de voce ter doado a outra metade de sua euidade, que seria mais que uma mera cara ou coroa, mas um torneio, nos outros 50 % que voce perde.

Daí a questão de conservação de stacks ser uma estratégia-prima. Quanto mais voce conserva as suas fichas, mais elas inflacionarão seu valor. Elas vão valer mais pq quando os fracos oponentes se digladiarem num coin flip tosco no começo do STT , sua equidade vai aumentar. No mundo das equidades, a natureza é explicita: nada se perde, nada se cria, tudo se tranforma. A pessoa que foi eliminada não levou para o alem a equidade que perdeu, tampouco o feliz oponente que ganhou a disputa absorveu toda ela. O ganhador recebeu uma boa parte de equidade, mas tods os outros os oponetes receberam um tanto tb. E A medida que mais oponetes se envolvam em coin flips e saiam do torneio, cada eliminado doa uma equidade muito maior do que o seu antecessor , o sétimo lugar pex., e cada vez mais as suas ficham vão “valer” mais, poerque sua equidade no torneio aumenta.

“You gain equity (aka money) with each opponet that gets eliminated.”

Vadiu: excelente post fonteles

Heartbreaker:

Suponha que, em um SNG normal, restam três jogadores – A, B e C – com stacks de 10k, 6k e 4k respectivamente.
->Assumiremos que os três jogadores têm as mesmas habilidades.

O Processo começa colocando-os na probabilidade de terminarem em primeiro. Esta probabilidade inicialmente é conseguida simplesmente observando a porcentagem de fichas que eles têm, em relação ao total. Então:

A: 50%
B: 30%
C: 20%

Agora, peguemos cada uma destas possibilidades e mentalmente eliminemos o jogador A, deixando os outros dois no jogo.
Quando nós tirarmos A do jogo, sobrarão stacks de 6k e 4k, com um total de 10k. Isso significa que B termina em segundo 60% do tempo e C, 40% do tempo. Entretanto, como queremos um resultado geral. Como A terminava em 1° 50% do tempo, temos que incluir as possibilidades dos outros dois jogadores, tendo (em ordem):

A, B, C: 30%
A, C, B: 20%

Como se chegou a tais valores? Estou fazendo alguns cálculos, mas os valores não estão batendo.

Tex Wilde: Como se chegou a tais valores? Estou fazendo alguns cálculos, mas os valores não estão batendo.
Desenvolvi essas contas no meu post sobre ICM.

//pokerdicas.com/forum/torneios-sit-go-sng/9202-post-especial-uma-abordagem-sobre-icm-com-enfase-nos-fifty50-do-ps.html

Heartbreaker: Desenvolvi essas contas no meu post sobre ICM.

//pokerdicas.com/forum/torneios-sit-go-sng/9202-post-especial-uma-abordagem-sobre-icm-com-enfase-nos-fifty50-do-ps.html

Sim, as fórmulas estão mais bem explicadas! Estou começando a entender melhor o ICM, mas só começando:confused: Ainda não consigo me ver realizando todos esses cálculos em menos de 20s (tempo que eu tenho para tomar uma decisão). Tenho uma dúvida inicial.

1ª – O cálculo é influenciado pelo nº de oponentes a tomar a decisão? Por exemplo, uma situação de push no SB, supondo que a mesa rode em fold, pode ser uma situação de fold se você estiver em MP1, por exemplo? Isso é levado em consideração no ICM?

Vadiu: ele considera a probabilidade de fold dos proximos adversários, mas nao considera “ser comido” pelos blinds ou antes

Tex Wilde: Sim, as fórmulas estão mais bem explicadas! Estou começando a entender melhor o ICM, mas só começando:confused: Ainda não consigo me ver realizando todos esses cálculos em menos de 20s (tempo que eu tenho para tomar uma decisão). Tenho uma dúvida inicial.

1ª – O cálculo é influenciado pelo nº de oponentes a tomar a decisão? Por exemplo, uma situação de push no SB, supondo que a mesa rode em fold, pode ser uma situação de fold se você estiver em MP1, por exemplo? Isso é levado em consideração no ICM?
Sim, influencia muito. Quanto mais jogadores para agir, maior a probabilidade de tomar um call.

Autor original: Vadiu.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -