Quais as estratégias que vocês usam para "supor" o jogo do vilão?

mandrakrdg: Pessoal, eu gostaria de saber de vocês quais as estratégias que vocês usam para descobrir o jogo dos seus oponentes, o que realmente vocês levam em consideração

DonVitche: Olá, Mandrak,

Essa é de fato uma pergunta bem interessante e certamente o maior desafio para qualquer jogador que pretenda desenvolver seu read nas mesas live, mas vale também para o On-Line.

Vou passar aqui a forma como venho tentando isso, após leituras de alguns poucos livros (cara…, isso é muito importante para ser aprendido, então quero ler muitos mais livros porque TODOS eles tocam nesse ponto).

Segundo o Harrington e também o Leo Bello, para se ter uma boa leitura de mesa (isso com relação às cartas que os seus oponentes podem – ou devem – estar segurando), é necessário primeiro conhecer um pouco do jogador cuja mão vc está tentando “ler”. Com quais cartas ele costuma fazer o que está fazendo naquele momento?

Outra coisa que me pareceu muito importante na leitura desses livros está em: “…que cartas eu precisaria ter, na posição em que o sujeito se encontra nessa mão, para agir como ele está agindo”. Essa tem sido minha maior dificuldade. Nesses casos, tenho usado bastante os freeroll para pagar apostas somente para ver se a minha leitura estava correta. Mas também tem o outro lado: …nos freerolls os jogadores se comportam, na maioria das vezes, de forma bem prolixa, já que não estão pagando nada para participar dos torneios.

Mesmo em jogos com buy-ins, às vezes compensa pagar apostas para as quais você tenha um bom “palpite” sobre a leitura das mãos dos seus oponentes, mesmo que essa leitura aponte para perder a mão. Isso vale bastante para esse treino de leitura de mesa.

Bem, amigo, essa é uma opinião de um jogador ainda muito iniciante. Certamente teremos aqui as opiniões de excelentes jogadores. Vamos aguardar, ok…

Abração e parabéns pela pergunta. Estarei acompanhando o assunto com bastante curiosidade.

DonVitche: Só complementando, Mandrak, em Harrington – Hold’em Vol.1 (Estratégias Avançadas para Torneios No-Limit) – tem um tópico sobre os elementos de uma mão. Atente para o nível de importância que ele atribui para as cartas que você tem nas mãos !!!!

Elementos de uma mão

Uma mão em no-limit Hold’em tem muitas facetas a mais do que as cartas que você segura. Um bom jogador considera todos os elementos da mão antes de fazer um jogo.
Aqui são os elementos básicos:

1. Qual é o estágio do torneio?
2. Quantos jogadores estão a sua mesa?
3. Quem são os jogadores a sua mesa?
4. Como está suas fichas comparado às blinds e antes?
5. Como grande estão as pilhas na sua mesa?’
6. Onde você senta em relação aos agressivos e passivos jogadores?
7. Que apostas foram feitas em frente a você?
8. Quantos jogadores ativos estão à esquerda depois que você agir?
9. Quais são as vantagens de pot?
10. Qual sua posição à mesa ao flop?
11. Quais são suas cartas?

Brincadeira né…, rsrsrs. Para se chegar nesse nível de quanto tempo será que iremos precisar? Eu já estou chegando nos 56 anos de vida, rsrsrsrs.

JacKJoKKer: eu acredito que essa pergunta é bem complexa pq envolve inúmeras variáveis..

mas beeeeeeeeeeeeeeem resumidamente:

Estilo do vilão (Loose, Tight, NIT, etc)
Posição dele… ação dele pré-flop… ação dele pós-flop.. e histórico dos showdowns anteriores…

kra..
quando você percebe um kra que blefa bastante.. note em que momento ele blefa.. com qual tipo de flop.. o que ele segura quando blefa.. e facilmente você arma uma pra ele =D

edit: escrevi, escrevi e sinto que não respondi nada.. hehe eh mto complicado.. eh mais fácil você postar um exemplo de uma mão.. com uma leitura prévia do vilão.. com a ação dele pf.. o momento do torneio e no flop você pergunta pra gente “e ae.. o que vocês acham que o vilão tem aqui, pela forma como agiu até agora?”.. acho que assim agente tem base pra te dar exemplos…

Thiagolmm: Essa pergunta é bem complexa e bem pertinente. Tem capítulos inteiros de livros e inumeros artigos que descorrem sobre ela.

Na minha opinião, primeiro vem o estilo de jogo do vilão, se é LAG, Tight, etc. Dps é necessário ver com que range de mãos que ele está jogando (se possível, separar este range por posição). Procurar saber se o vilão ta de alguma forma evitando ir pro showdown numa certa etapa do torneio pra não revelar seu range também é muito útil.

Aí quando eu falo em etapas do torneio, é muito importante ressaltar isso. Não
é porque tu só ve um jogador ir pro showdown com cartas boas na mão no inicio do torneio que ele vai continuar assim nos próximos níveis de blinds, o que eu quero dizer é que a observação e os ajustes que vc faz na sua estratégia pra jogar contra um vilão têm que ser constantes.

natanfalbo: Basicamente é uma questão de observação, quando jogo em campeonatos altos, eu procuro ficar bem atento a todos nas mesas, observando possíveis blufes e tipos de jogadas.

Quando enfrente um suposto vilão procuro mostrar-me superior, mas isso depende também da mão que estou.

Mas tudo é uma questão de momento, você não deve joga se preocupando com o tipo de vilão, mas sim com o que ele está jogando.

😉

Vadiu: Uma das coisas mais importantes é considerar uma gama de mãos, ao invés de uma mão específica e ir descartando mãos improvaveis, conforme a história se desenrola

Minored: eh só usar a logica e as informções que voce tem do vilao

Petrillo: Os desavisados podem pensar que esta pergunta é boba. Mas ela é muito interessante Mandrakrdg.

Este é o fundamento básico do poker e a razão de ser um esporte da mente (totalmente diferente de um jogo de azar).

O poker em essência é um jogo onde você tem, o tempo todo, que tomar decisões em cenários de incerteza.

A habilidade desenvolvida para tomar este tipo de decisão é exatamente igual àquela que executivos de grandes empresas usando em suas decisões.

Eles (e nós) precisamos tratar as incertezas.

Assim, uma resposta a sua pergunta Mandrakrdg é ir num livro/site de um bom curso de pós-graduação em administração e verificar como são tratadas as incertezas nas tomadas de decisão.

E a resposta é: conhecimento. Quanto menor a incerteza, melhor. E para reduzir a incerteza, precisamos de conhecimento. Quanto mais conhecimento temos, menor a incerteza.

E aí entra a inteligência e a habilidade no poker: considerando o conhecimento que temos, devemos fazer a melhor decisão.

A dica é: quanto maior a incerteza (ou seja, quanto menos conhecimento temos do vilão), menor deve ser nossa variância (devemos jogar mais solidamente e em posição).

E naturalmente, este é um problema em micro stakes, que temos que conviver: como há milhares de jogadores, rever um vilão nas mesas é algo raro.

Portanto, estamos sempre em um ambiente de alta incerteza e portanto, enquanto não conhecemos minimamente os vilões, devemos jogar de forma mais sólida, em especial em microstakes.

Portanto Mandrakrdg, conhecimento é a palavra-chave.

Autor original: mandrakrdg.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -