Professor larga a profissão para se dedicar ao poker

prof_anselmo: em matéria interessante, vi a história real de um professor que largou tudo para se dedicar ao poker…
abaixo o link
//revistatrip.uol.com.br//revista/182/E-nois-na-ficha.html

é necessário, caros amigos, muito tempo para chegar a esse ponto, digo tempo não só relógio, mas de estudo e observação.

Como alguns sabem estou em Balneário, e tenho passado horas em bares que tÊm poker aqui, observando o estilo de jogo da mesa.

e vi muita coisa… e até me coçou em sentar nessas mesas, PORÉM, ainda não é meu momento.

vi gente perdendo 4.800 Reais em questão de 45 min de jogo, e como esse vários outros, com um estilo de jogo que se mostra bastante loose, agressive.

Mas é um ledo engano achar que se é muito fácil ganhar, com esse estilo de jogador a variação se torna grande e aí mora o perigo.

O cacife é de 300 Reais… e o pingo de 10 e 20 Reais, ou seja, jogar preocupado com o dinheiro, faz com que vc não desenvolva seu melhor poker, por enquanto é estudo e observação.

Mas achei legal a matéria que mostra uma pessoa que vem tendo bons resultados. E gostei da parte, para cada 1 real ganho, alguém tem que perder esse 1 Real, e aí entra a questão do estudo, da habilidade, para fazer ser rentável no longo prazo.

e Achei legal também a parte do sports mind, em que estudam em colocar o poker nos jogos intelectuais olímpicos…
vale a leitura…

e realmente o ambiente dos lugares de poker com níveis elevados é muito muito pesado….

completamente diferente do clima amistoso que percebemos em nossas brincadeiras com os amigos. abraço

É NÓS NA FICHA HEHEHEH

Petrillo: Deixei o seguinte comentário no espaço da reportagem:

Grande reportagem. Valeu Trip.

O poker é um jogo de habilidade como o xadrez. Mas diferente deste, ele tem informações imperfeitas. Exige grande concentração e controle emocional.

Faço uma ressalva.

A reportagem fala quando alguém ganha, alguém perde. Atualmente no poker, para alguém ganhar US$10.000,00, não necessariamente alguém tem que ter perdido US$10.000,00. Existem jogos de centavos de dolar. Estes jogos alimentam os torneios de $1 ou $2, que por sua vez são o combustível dos torneios de $10 ou $20… E assim, para os torneios de $50, $100, $500…

Portanto, para uma pessoa ganhar US$10.000,00 muitos perderam, mas na maioria das vezes as perdas representam valores que não prejudicam ninguém, a menos que o jogadorr não saiba fazer um gestão de seus recursos, mas aí o problema não o poker e sim a pessoa.

Há pessoas compulsivas por compras. Bem, então vamos fechar as lojas e proibir a venda de artigos pela internet!! Este raciocínio é um absurdo, como seria um absurdo proibir o poker pq uns poucos não sabem se comportar…

O poker é atualmente o mais praticado esporte da mente, e se for feito de forma saudável, é sem dúvida fantástico!

Valeu!

Fabiano Petrillo
Editor do Site Poker Dicas
Moderador do fórum Poker Dicas

Petrillo: Grande Anselmo!!

Cara, os blinds do game que tu assiste são R$10/R$20?? NL R$2000?

Fazer buy in de R$300? Explica melhor isto que não entendi…

Se tiver algum cash R$1/R$2 num feriadão, sou parceiro! 🙂

Valeu pela reportagem!

Obs: vocês percebem como o poker está cada vez mais na mídia… Os brasileiros tem legítimo fascínio por este esporte! 🙂

Peagá: Mas Cash game não é proibido no Brasil??

Esses dias, durante a etapa do BSOP aqui de Curitiba, tinha mesa de Cash rolando e foi todo mundo pra delegacia…

prof_anselmo: não há legislação contra o poker, e sim contra jogos de azar, há vários projetos TENTANDO mostrar como o poker é de longe, um jogo de habilidade, o que já foi mais que provado, tanto que querem incluir o poker nas disputas olímpicas dos jogos chamados sports minds.
Em balneário é a coisa mais comum achar lugares com poker.
Sim Petrillo, aqui é NL 2000 heheheh meio forte né… eu e vc aqui daria uma boa festa heheheheh…
vou achar a nl que vc quer…
abraço…

Simão: Muito show, quem não sonha em fazer o mesmo?

TSawyer: é legal a matéria para aqueles que gostam do poker, mas na minha opinião, vejo que ela passa uma imagem um pouco distorcida de um jogo de “gambler”.

existe muitas dúvidas sobre o jogo ser regulamentado ou não, e o fato das pessoas e o próprio lugar não ser revelado gera toda uma polêmica, isso não é bom. Pra falar a verdade, acho que o grande problema sempre será o preconceito. A midia ajuda muito a levar o nome do poker para o buraco,eles falam uma frase sobre ser “jogos da mente” e duas páginas sobre como pessoas perderam seu dinheiro.

Para aqueles que já entendem o poker isso não importa muito, pois entendemos a mensagem como sendo positiva, mas imagina uma pessoa que nunca jogou e que gostaria de aprender….lendo que um cara perdeu uma grana em poucos minutos…isso soa muito negativamente na sociedade.Vejo que esse tipo de reportagem agrada aos amantes do poker e alarmar a sociedade preconceituosa em que vivemos.

Sarsante: Quando vi o título achei que fosse você Anselmo… LOL

Abraço

Petrillo: TSawyer, você tem razão… Acontece que isto é um processo… Não é por acaso que o poker está na capa da Revista Placar e tem uma reportagem inteira na Revista Trip. Aos poucos ele vai fazendo parte de nossa sociedade.

É natural que haja muito preconceito ainda, mas é exatamente esta a nossa missão: esclarecer às pessoas que é um esporte fantástico e como qualquer coisa na vida, deve ser feito com moderação.

Tenho um colega que é corredor de meia-maratona, disputando as primeiras colocações num ranking de uma associação de corredores de rua da região onde mora. Ele se cuida muito, faz execícios num programa com um professor de educação física, escolhe cuidadosamente a alimentação, cuida do sono…

Em uma bela sexta-feira ele comentou que não estava se sentindo muito bem. Eu sabia que ele iria correr uma prova no domingo… Um anjo assoprou no meu ouvido: “fala para ele não correr!”. Mas fiz uma read que não adiantaria, pois ele iria correr da mesma maneira, independente do que eu falasse.

No domingo ele acordou “meia-boca” mas foi correr mesmo assim. Resultado: pegou uma meningite por um tal de “Zoster” e quase morreu. Hoje está perfeito, sem sequelas, mas o médico do esporte que o acompanha disse que ele entrou em “over treino” e isto baixou a imunidade dele…

A uns dois ou três anos, uma menina de uns 25 anos, saudável, disputou uma corrida de aventura pelo sertão do Nordeste. Para economizar água, não bebeu o suficiente. Consequência: morreu…

Bem, considerando estes dois exemplos (e posso elencar milhares de outros, como o uso de dopping, as lesões graves, etc), acredito que devemos propor uma lei no Congresso Nacional que proíba as competições de corrida (inclusive pq a maioria é a dinheiro, com buy in e tudo!!).

Com falei dos compulsivos por compras e dos atletas que exageram na prática de esportes, o problema não está em si nas compras ou no esporte, mas na forma como as pessoas fazer uso destas práticas. Não faz sentido proibi-las.

Como da mesma forma não faz sentido proibir o poker, desde que a prática seja realizada de forma saudável.

E sempre que tivermos oportunidade, devemos colocar nossa opinião, com educação e sem querer se impor, mas mostrar nosso ponto de vista.

Com o tempo, muito paciência e com muito trabalho, vamos conseguir modificar nossa cultura e colocar o poker no patamar que merece dentro da sociedade brasileiro: atualmente o mais importante esporte da mente, superando o xadrez, o gamão e os jogos para computador.

Sarsante: Acho que o preconceito vai sempre existir devido a minoria dos casos, onde a pessoa é viciada/compulsiva.

As pessoas que não conhecem o poker mais a fundo, não sabem que é um esporte que precisa de conhecimento, estratégias, etc. Para os leigos, é um jogo de azar.

Outro aspecto é que as más histórias ganham uma repercussão muito maior do que as boas. Você liga a televisão e não vê que um cara que era chef de cozinha quase falido, hoje tem milhões de dólares e joga um dos cash games mais caros de Las Vegas (Giang).

Você vê histórias da vovó que larga os netos para ir jogar bingo e já perdeu tudo, mas continua jogando. Ou do vovô que participa da jogatina no bar e já perdeu a aposentadoria do mês diversas vezes.

Embora um não tenha nada a ver com o outro, para os leigos é só mais um viciado em jogos.

Além disso, existe a “lenda” que os jogos são proibídos no Brasil. Mas na minha modesta visão eles não são proibídos, e sim a Caixa Economica Federal detém o monopólio.

Tem loteria esportiva, timemania, raspadinha, sena, quina, loto, etc. E é impressionante a necessidade de conhecimentos e estratégia para escolher os 6 números certos e ser vencedor! Caso você decida apostar em esportes, é a loteria esportiva que escolhe os jogos que você pode apostar, nem é você que escolhe o time em que você quer apostar!

Essas formas de tirar dinheiro do povo semanalmente o governo considera legal. Pra mim isso é jogo de azar. Eu nem posso escolher direito em que vou apostar e não tenho controle algum sobre as variáveis.

Mas voltando a “realidade”, o poker é um jogo de “azar”.

Abraço

Autor original: prof_anselmo.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -