Por que você não é Phil Hellmuth Jr?

Flush: Rapaziada, estava eu assistindo a um episódio do Poker After Dark dia desses, quando a apresentadora do programa introduziu os jogadores, disse quem eram, seus ganhos em torneios etc. Um deles eram o Phil Hellmuth Jr.

Como a figura do Phil é folclórica por natureza, dei uma olhada na Wikipédia e li que o cara tem simplesmente 11 braceletes do WSOP, isso com 45 anos de idade, e mais de 6 milhões de dólares em prêmios.

Todos nós aqui – uns mais e outros menos – temos habilidade com o pôker. Há pessoas aqui que entendem MUITO da teoria do jogo e da matemática por trás dele, ou seja, possuem condições plenas potenciais de serem um Phil Hellmuth da vida, mas não são nem nunca serão.

Sem querer minimizar o pôker como jogo – e desconsiderando a parte matemática da coisa -, ele é uma questão de vencer com mãos melhores que as de seus adversários ou blefar a partir de mãos piores. A grossíssimo modo, pôker seria isso, vencer com a mão que você tem ou parece ter.

Pensando nisso, me pergunto: o que de tão especial a mais que os outros tem um Phil Hellmuth da vida para ser uma pessoa tão vencedora no pôker? E essa pergunta vale para qualquer vencedor contumaz do pôker. Sim, porque apenas conhecimento do jogo, na minha visão, não pode ser suficiente para ser um vencedor, deve ter algo mais que faz um cara chegar a 11 títulos de um torneio qualquer. No caso do pôker, não é algo físico, genético, social.

Dissertem.

Herbert: o cara tem simplesmente 11 braceletes do WSOP

E isso só na categoria de Holden,acho que o Doyle tem uns 10 WSOP mais com categorias diferentes

afsalagoas: É óbvio o diferencial é conhecer o seu adversário e o seu potencial.

Sem dúvida o estudo é importante, mas conhecer seu potencial faz muita diferença.
Você pode perguntar: Como assim?

Acredito que o poker esteja inteiramente ligado a sua condição psicológia, ou seja, seus sentimentos, suas emoções pode fazer um grande diferencial.

Se você é uma pessoa que tem facilidade em manter a calma, que consegue superar algumas situações contrárias, procurando a forma “mais” tranquila de resolver, pode sem dúvida se dá muito bem.

Imagine um jogador compulsivo sabe, aquele que é impaciente, não pode ver uma mão boa, que deseja logo atacar e etc, ele perde fácil para um tight. Eu acredito nesse segredo.

Manter a calma é fundamental, e mesmo perdendo uma grande mão, não desanimar, acreditar na força da tua mão e prosseguir buscando a melhor mão. A grande maioria dos jogadores a tomar uma fatiada, em seguida bate um all in, seja com 2J, 5K enfim, pensa já estou perdido mesmo, vou ver o que acontece.

Esse tipo de jogar não consegue muita coisa. Eu fico observando os nossos melhores jogadores de poker aqui da fórum quando jogam MTT de 3k ou 4k de players, geralmente pegam ITM mas, baixo. Issom demonstra o nível de dificuldade que o poker é.

Eu considero uma evolução considerável minha no último mês, e com certeza a receita foi essa calma, quando pedir calma, e agressividade quando pedir agressividade. Posso não chegar a tantos títulos assim, mas quero algo considerável.

AFS

ricardons8: Todos nós aqui – uns mais e outros menos – temos habilidade com o pôker. Há pessoas aqui que entendem MUITO da teoria do jogo e da matemática por trás dele, ou seja, possuem condições plenas potenciais de serem um Phil Hellmuth da vida, mas não são nem nunca serão.

Pode até ser que alguém aqui possua condições de ser um phil Hellmuth, acho esse cara um idiota, muito antipatico, ele Joga muito Poker, e conhece muito, porém esses braceletes foram conquistados quando era muito mais facil ganhar um. Hoje em dia a concorrência e muito maior, além de ser maior o número de jogadores, a informação é de facil acesso… existem vários jogadores bons mesmos que nunca terão a chance de ganhar isso

Thiagolmm: O Phill também ganhou sua primeira WSOP com 22 ou 23 anos, ou seja, ele joga e estuda poker a vida inteira. Digamos que ele nunca fez mais nada da vida além de jogar poker.

Mas o próprio Phill considera que seu poker estava um pouco atrás dos demais. Recentemente ele deu uma declaração que voltaria a estudar sobre poker porque estava descontente com seus resultados recentes.

Ele também sempre teve muita disponibilidade de jogar constantemente live poker no seu início, em cassinos, etc.

O Phill é um grande nome do poker até hoje mas na minha opinião ele já deixou de ser um dos grandes gênios do esporte. Tem caras novos aí que são verdadeiros fenômenos do poker mundial: Daniel Negreanu, Tom “durrrr” Dwan e, claro, o Phil Ivey. Sem contar muitos outros também que não chamam tanto a atenção da mídia mas fazem uma boa grana no online.

ricardons8: Sobre o que afalagoas disse, calma e muito importante sim, mais importante que a calma, é saber a hora de agir e não ficar esperando mão premiuns para dobrar.
não vejo por que jogar um MTT para ficar ITM, e jogar Lag eu acho a melhor estrategia para torneios MTT, esses jogadores ou saem rápido dos toneios ou acumulam muitas fichas e vão para cravar este, porém é uma estrategia muito dificil de ser dominada.

Flush: O ponto que levantei não é sobre o Phil especificamente, eu o usei apenas como exemplo. O que questiono é o que vocês acreditam que seja o diferencial para um cara ser um grande vencedor no pôker, como Negreanu, Ivey, ganhando MUITO dinheiro, quando aqui mesmo no fórum temos pessoas plenamente capazes mas que jamais chegarão lá.

Deve haver algo mais do que o simples conhecimento técnico do jogo.

ricardons8: O ponto que levantei não é sobre o Phil especificamente, eu o usei apenas como exemplo. O que questiono é o que vocês acreditam que seja o diferencial para um cara ser um grande vencedor no pôker, como Negreanu, Ivey, ganhando MUITO dinheiro, quando aqui mesmo no fórum temos pessoas plenamente capazes mas que jamais chegarão lá.

Deve haver algo mais do que o simples conhecimento técnico do jogo.

Com certeza tem mais do que o conhecimento do jogo, mas não acredito que haja tantas pessoas assim que são capazes de ser o que estes são… não é nada facil uma pessoa não só aqui desse fórum, mas de qualquer outro fórum, ser o que estes caras são!!!

existem sim outras variaveis, como dinheiro para jogar sem pressão, que acredito que seja a maior vantagem deles sobre a maioria, mas não podemos desmerecer o conhecimento que negreanu, ivey, mercier, durrr, antonius, tem e existe infinidades de coisas que fazem eles serem melhores.

afsalagoas: Oportunidade uma delas, localização e etc.

O dinheiro amigo é consequência do sucesso.

Não olhe só esse lado. Apesar, que a grande maioria olha heheh.

Esse negreanu é fogo, joga bem. Acho que o amigo esta ficando entusiasmando com os vídeos do thepokerbay, heheh!

Espere um pouco e logo verá grandes resultados por aqui. Um desafio para você também.

Não fique preocupado com o conhecimento do pessoal aqui do fórum no poker, procure trilhar os seus.

Herbert: Deve haver algo mais do que o simples conhecimento técnico do jogo.

Acho que o ponto que voce procura pode ser resumido em uma palavra “Experiencia”,um jogador profissional mede o quanto voce joga so pelo jeito que voce se comporta na mesa,como que voce lida com as fichas,a roupa que voce veste,sua personalidade,etc é mais uma leitura corporal completa do simples conceito matematico ou tecnico e isso vale pro on-line tbm mais a leitura e bem diferente,porem não deixa de ser menor,até o tempo que voce leva entre fazer uma decisão em uma aposta pode perceber que ele esta analizando seu nivel de conhecimento :coolgleam:

Marcelo: Excelente tópico.

Talento é importante? Talvez, mas não é tudo. Pode ser apenas um catalizador.

Pense nos jogadores de futebol do vídeo-game, ou dos personagens de RPG. Cada um tem várias habilidades e uma nota para cada habilidade.

No vídeo-game o jogador do time pode ter uma nota grande em chute longo, mas se for fraco em controle de bola, passes, roubadas de bola, será apenas mediano.

No RPG se seu guerreiro ter uma força muito alta vai fazer umas loucuras de vez em quando, mas se for fraco em inteligência, destreza, constituição… será só um coadjuvante.

Então voltando para o poker, o grande jogador terá grandes notas nas habilidades mais relevantes ao esporte. Pode ter uma nota baixa em uma ou outra coisa, mas em geral é diferenciado.

E quais seriam essas habilidades?
EXPERIÊNCIA
FRIEZA
PACIÊNCIA
AUTO-CONTROLE
DETERMINAÇÃO
CORAGEM
INTELIGÊNCIA
PERSPICÁCIA
ATENÇÃO

E mais algumas outras.

A pessoa pode até não ter talento e pode ter limitações que a impeçam de lutar no topo, mas acredito que qualquer um pode melhorar seu jogo. E acredito que só é perdedor quem não se dedicou o suficiente ou não esperou chegar o “longo prazo”.

Flush: AFS, não tenho a menor pretensão de me tornar um pró hehe. Fiz o tópico apenas para ler a opinião das pessoas aqui, não para que me dissessem a fórmula mágica. É mera discussão filosófica com o intuito de avaliarmos nossa própria postura como jogadores de pôker.

E os vídeos são excelentes 😉

Um abraço

PS: Herbert e, em maior grau, Marcelo, excelentes respostas.

ricardons8: pode até não ter pretensão de se tornar pro, também não acredito que exita essa formula mágica, mas eu so acho que os caras estão lá por mérito deles, e não qeu qualquer um possa ter o resultados que eles tem.

A mesma coisa no Futebol, não é qualquer jogador que em tal time possa conquistar o que Ronaldo, Romario, Zidane, e etc… conquistaram.

Cebola: o Marcelo falou tudo, imo

só nao achei legal o amigo falar que o Hellmuth só ganhou esses braceletes pq era mais facil, o ultimo bracelete dele foi no WSOP 2007, pow, nao é tao antigo assim…
Acho que vc tentou desmerecer as conquistas do cara

prof_anselmo: acho que entendi a pergunta que originou esse post

o que há além da estratégia, do conhecimento sobre a modalidade, dos tells, a pokerface, o timer de jogo ….

e sinceramente, acho que quem tiver essa resposta irá trilhar o mesmo caminho.

você realmente conseguiu colocar uma interrogação em minha mente.

Só hoje comprei uma revista e um livro de poker, para continuar na árdua batalha de conseguir o domínio do poker….

continuare a buscar a resposta para sua questão, que talvez seja a chave para o sucesso realmente

Flush: Exato, prof. Anselmo. Você, como alguns outros, entenderam o âmago da minha pergunta.

A parte “mecânica” do pôker não é tão difícil – embora esteja longe de ser fácil. Com a experiência e a leitura, ela é adquirida, ou seja, com o tempo, você aprende a contar outs, a calcular pot odds, a ler vilões, a dominar as probabilidades, enfim, você dominará o pôker “puro” mais cedo ou mais tarde.

No entanto, isso é claramente insuficiente para elevar você a um patamar diferenciado, que te permita ganhar milhões de dólares. Prova disso é a quantidade de excelentes jogadores de pôker aqui no fórum, alguns com anos de prática, e que, a despeito de dominarem o jogo, jamais terão 10% do sucesso de um Phil Hellmuth da vida, caras para quem a variância parece pouco ou nada afetar, pois estão consistentemente na frente em muitos torneios grandes e importantes. Tem alguma coisa a mais aí.

A melhor resposta até agora, para mim, e que me fez pensar muito, é a do Marcelo, sobre você ser bom nas características que importam a um jogador de pôker: paciência, perspicácia, coragem etc. Porque de nada adianta você recitar probabilidades de cor se não consegue dominar sua ansiedade na frente de um pote gordo e um aparente jogo forte em suas mãos.

E não tenho dúvidas de que, ao pensarmos a respeito, teremos a oportunidade de nos melhorarmos como jogadores, buscar o que falta, mesmo que tudo o que tenhamos não passe de hipóteses a respeito do caminho para o sucesso.

prof_anselmo: é… eles possuem algo de diferente com certeza…
o problema é desenvolver a mesma habilidade

joão felipe: a raiva q eu tenho dele me faz n conseguir admirar o jogo dele….
sei q ele deve jogar mto, pq ganhar 10 wsop tem q se garantir demais, mais eu n consigo admirar….acho q por raiva sempre analiso as mãos dele tentando colocar defeito

mto metido a merda e chorão, qnd tá ganhando pertuba com todo mundo, basta perder coloca uma cara de choro e faz biquinho

ele é sem dúvida o cara q eu mais tenho raiva no poker, ele e brenes….só q o segundo é chato, mais é um chato em todos os momentos(ganhando ou perdendo) e n é desrespeitoso

Passad0: Não sei quanto a vocês mais o Phil é um dos caras que eu não faço questão de admirar.
Se fosse para me tornar um profissional me inspiraria em Ivey, Ferguson,Greenstein.
Sei lá, pra mim ele não passa de um cara que se deu bem, sem humildade, que se acha o melhor do melhor do melhor dos jogadores.(vide entrada ao estilo “eu sou o cara mais foda do mundo” no WSOP)
Outro detalhe é que ele só tem braceletes de hold’em.
O cara é bom? sim. mais está longe de ser “um profissional exemplar”.
Bem longe.

afsalagoas: Exato, prof. Anselmo. Você, como alguns outros, entenderam o âmago da minha pergunta.

A parte “mecânica” do pôker não é tão difícil – embora esteja longe de ser fácil. Com a experiência e a leitura, ela é adquirida, ou seja, com o tempo, você aprende a contar outs, a calcular pot odds, a ler vilões, a dominar as probabilidades, enfim, você dominará o pôker “puro” mais cedo ou mais tarde.

No entanto, isso é claramente insuficiente para elevar você a um patamar diferenciado, que te permita ganhar milhões de dólares. Prova disso é a quantidade de excelentes jogadores de pôker aqui no fórum, alguns com anos de prática, e que, a despeito de dominarem o jogo, jamais terão 10% do sucesso de um Phil Hellmuth da vida, caras para quem a variância parece pouco ou nada afetar, pois estão consistentemente na frente em muitos torneios grandes e importantes. Tem alguma coisa a mais aí.

A melhor resposta até agora, para mim, e que me fez pensar muito, é a do Marcelo, sobre você ser bom nas características que importam a um jogador de pôker: paciência, perspicácia, coragem etc. Porque de nada adianta você recitar probabilidades de cor se não consegue dominar sua ansiedade na frente de um pote gordo e um aparente jogo forte em suas mãos.

E não tenho dúvidas de que, ao pensarmos a respeito, teremos a oportunidade de nos melhorarmos como jogadores, buscar o que falta, mesmo que tudo o que tenhamos não passe de hipóteses a respeito do caminho para o sucesso.

Eu percebo um certo ” xxxxx” na sua resposta.

O seu desejo é que o pessoal que analisa aqui as mãos e muito bem, consiga alcançar resultados próximos a esses “super” jogadores. O que estou lhe dizendo que pra mim tudo depende de oportunidades e claro competência. Eu acredito que questão de mais tempo ou menos tempo isso irá ocorrer, e você esta olhando muito o dinheiro, talvez imaginando alguns planos no futuro.

Procure ter um objetivo inicial coerente tipo, o petrillo ganhar seus 300k. Para mim ganhar 5k, dentro de 2 anos já será bem vindo. Claro que conforme vai ganhando, lógico você vai almejar algo maior.

Primeiro procure fazer o que o pessoal citou acima.

Imagine que um de nós ganhe uma oportunidade de disputar um torneio sei lá com 100 players, os 100 tops.

Eu particulamente aposto, que iria longe.

O problema amigo, é passar pelos satellites e todos eventos que existe entre eles.

Isso será questão de menos ou mais tempo. Quer uma dica?

Fica observando os team pro do PS jogando os torneios pra você ver, eu já vi uns 4 jogandos, entre eles Vanessa Rousso, Valter Salles (acho que é assim) e outros. Nenhum chipou, e jogando com players como eu e você.

Mas todos pegaram ITM, um segredo básico.
Poderia postar algum resultado seu ITM, para eu entender melhor?

Espere um pouco e você verá resultados aparecerem por aqui.

Resultados básicos meu: //pokerdicas.com/forum/blogs/afsalagoas/734-resultados-dentro-do-pk.html

Depois vou atualizar. No momento estou passando dois problemas um net e outro que não é problema, voltei ao trabalho. Praticamente só jogando fim de semana.

Flush: AFS, de novo, não tenho nenhum plano a longo prazo com o pôker no sentido de ganhar dinheiro, até porque não posso depender desse tipo de sonho para comprar meu arroz e feijão diário.

O motivo do tópico é apenas saber o que as pessoas pensam a respeito. 😉

Abraço

afsalagoas: Ok. Flush!

Precisando o pessoal esta aí. Minha opinião foi essa e será essa.
OK!

ricardons8: e cebola falei do phil helmuth porque tenho certeza de que ele tivesse hoje seus 20 anos, tenho certeza que ele não conseguiria metade dos braceletes que ele tem, agora que ele é um grande jogador eu tenho certeza, e admiro muito ele, agora so disse que hoje é muito mais dificil alguem atingir esse feito.

Autor original: Flush.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -