Poker : estudo ou instinto?

DonkeyBoy: Bom galera vou reportar uma coisa aqui que me deixa de certa forma indignado, eu jogo mais ou menos a uns 4 meses, e como estou iniciando no jogo faço o possivel para melhorar, assim descobri sites como esse cheio de artigos e tal, comecei a ler também artigos da aquele site pokerstrategy, e ai vai um exemplo do que acontece comigo, todo mundo tem conhecimento da aquela tabela na qual fala sobre as melhores mãos antes do flop, eu peguei até imprimi a tabela e comecei a ver os resultados, quando eu jogava usando a tabela eu só perdia, eu jogava ”da minha forma” e só saia no lucro, esse foi um exemplo da tabela mais acontece com vários outros artigos, eu gostaria de saber se é eu quem estou errando em seguir ao pé da letra a tabela ou devo ”aperfeiçoar” a tabela unindo ela e os meu conhecimentos??

zerko: Poker não é seguir uma regra, creio que você pode usar a tabela como uma ferramenta de auxílio, mas não pode depender dela, nem seguir a risca tudo que ela diz, cada situação é uma situação, depende do seu jogo, de como é o jogo do pessoal da mesa etc.

Flush: O pôker não é um jogo automático, em que você ganhará sempre que fizer o que uma tabela manda.

Um AA pré-flop pode se tornar um lixo no flop. Receber essas cartas não será nunca garantia de vitória. Será preciso analisar as cartas do flop, a ação dos seus adversários, a possibilidade de você ter ou não o melhor jogo da mesa naquele momento.

No seu caso específico, acredito que você, por considerar que está com cartas fortes, ignora completamente o que se passa na mesa, acreditando que seu AK, KK, QQ são invencíveis.

Tabelas são úteis, sim, mas pensar o jogo e o porquê de suas ações é algo mais útil ainda.

Quanto a jogar pôker pelo instinto, nada lhe impede de fazer isso; há jogadores vencedores que conhecem pouca teoria avançada do jogo e mesmo assim ganham. Mas são pouquíssimos e eu, particularmente, não confiaria apenas nos meus sentimentos quando há dinheiro em jogo.

DonkeyBoy: No seu caso específico, acredito que você, por considerar que está com cartas fortes, ignora completamente o que se passa na mesa, acreditando que seu AK, KK, QQ são invencíveis.
É vamos dizer que é ao contrario do que você disse, ja foldei com AKs em posição final, seguindo a tabela AKs é uma ”mão muito forte” e que eu deveria fazer um raise aconteça o que acontecer, pois bem foldei e não virou nada nada na mesa… seu tivesse dado raise pré flop como um louco como manda a tabela eu estaria na bala…

TSawyer: acredito na união de ambos….

sobre as tabelas do strategy, acredito que vc não tenha aplicado ela corretamente, pois seguindo seu conteúdo fica dificil ser perdedor….é a tabela mais nit que eu já vi.As situações nelas descritas colocam o hero sempre como favorito. Vc pode ter tomado umas bad beat, oque é std.

Agora o instinto é algo que pode ajudar como te prejudicar, vai depender muito do momento. Acredito que o jogo baseado na experiência adquirida no decorrer de muitas mãos é o melhor caminho. O estudo no poker é essencial e consequentemente acaba te levando a decisões que aparentemente parecem instintivas mas na verdade acabam sendo práticas vindas de experiências passadas acertadas…portanto estude sempre.

Minored: esquece tabela, isso nao eh poker

poker eh saber se adaptar aos seus oponentes, “crie” a sua propria tabela pra cada tipo de situacao

fsfonseca: Instinto é um termo muito relativo. Li uma vez um artigo falando que instinto é algo que, na verdade, pode estar expressando o seu próprio conhecimento, sua experiência, em relação a uma situação. Então, de repente, o que você acha que é instinto nada mais é que seu próprio conhecimento atuando. Nosso cérebro é mais capacitado do que pensamos: para ir de A a D, por exemplo, fazemos o seguinte caminho: A – B – C – D. Mas nosso cerebro, com o tempo, acaba por nos ensinar a ir de A a D, sem por vezes lembrarmos do B e C.

MMendes10: Concordo com o zerk0
poker não é seguir uma regra

jonjonmappa: seguir tabela. pra nao existe isso jogue com o seu propio estilo ok
🙂

MMendes10: poker eh saber se adaptar aos seus oponentes, “crie” a sua propria tabela pra cada tipo de situacao
quem se adapta primeiro leva grande vantagem sobre os seus oponentes…

RicardoSzZ: Eu vi um video da Blitz do Akkari no Tv Pk Pro e um cara lá novato perguntou pra ele “Pq quando começamos a ler livros e estratégias do poker começamos a perder”.

Isso realmente é algo que todo novato acabando sentindo. O fato é que de certa forma quando começamos a ler, ficamos mais na defensiva com os outros players e em determinados momentos acabamos fazendo analises erradas.

A tabela serve para auxilio, mas dependendo da leitura que vc tiver da mesa, vc pode “ignora-la” e nas posições boas partir pra cima, mas com moderação, pois o cara pode te surpreender.

Eu estou jogando fazem 3 meses mais ou menos e estou na fase de experiência e jogando vários torneios no Everest de graça. Aqui é o lugar onde os caras tão afim de ganhar então ce num vai encontrar os loucos que ja chegam aumentando tudo sempre. Dá pra pegar uma boa experiência e aprender muito apenas com isso.

Acho que vale a adaptação do jogo e uma boa leitura da mesa, acho que não rola só o instinto. Claro que quando vc joga com confiança as coisas parecem dar mais certo.

O lance é praticar miuito e tentar lucrar algo 🙂

PS: EU tb já tive essa impressão, justamente quando comecei a frequentar o PD 😀 mas passou hehe

MMendes10: Eu estou jogando fazem 3 meses mais ou menos e estou na fase de experiência e jogando vários torneios no Everest de graça. Aqui é o lugar onde os caras tão afim de ganhar então ce num vai encontrar os loucos que ja chegam aumentando tudo sempre. Dá pra pegar uma boa experiência e aprender muito apenas com isso.
Eu não concordo com sua ideia do everest , os caras de lá são loucos , lá é all-in igual doido , tem hora que nem da pra joga…

Melvins: Acho que as duas valem… é como em qualquer sítio, pode-se estudar muito e não conseguir ter sucesso na área e pode-se ter um grande talento (aqui, por exemplo, os “reads”) e não trabalha-lo da melhor forma.

Essa tabela é tight e boa para dar uma ideia a iniciantes, mas duvido que algum bom livro de poker ensine como que uma tabela. Tem de se adaptar à mesa, ter bons “reads”, gestão do stack, etc…

Ex: Pode-se ler um artigo sobre continuation bet, mas isso é teoria… é óptimo, mas só no jogo se vai aprimorar.

RicardoSzZ: Eu não concordo com sua ideia do everest , os caras de lá são loucos , lá é all-in igual doido , tem hora que nem da pra joga…

Sempre aparece um ou outro, mas se ele levar fumo ele vaza e não tem direito de recarregar as fichas.

Os loucos que me refiro são nos Sit n Go com dinheiro ficticio em qualquer sala. Se eles perderem, vão poder recarregar, então sempre chegam uns 2 ou 3 na mesa com All In “forevis” :S

Teseu: Eu não concordo com sua ideia do everest , os caras de lá são loucos , lá é all-in igual doido , tem hora que nem da pra joga…

Cara não vejo problema nisso, pelo contrário acredito que essa seja a maior vantagem do everest, lá você nada no meio da peixada, eu estou jogando nl2 lá para liberar o bônus da Pokerstrategy, estou gostando bastante, eu entro em uma mesa e espero vir umas cartas razoaveis e eu estando em posição eu aposto, lá você nem precisa atacar blinds nem nada é so esperar e ponto os caras erram feio, basta você analisar com tranquilidade. o

bruno0010: Como ja disseram aí, a união dos dois fatores é importante.
Quando jogava SSS, tentei usar a tabela pra saber quando jogar ou não, mas nao me sentia muito confortavel, entao joguei por minha conta mesmo, e vem trazendo bons resultados

icemanjr0: Estudo é importantissimo no poker sem ele nniguem chega a nada e mais o extinto é preciso, pois sem ele, não fariamos jogadas belissimas tendo ou não cartas…

Tex Wilde: Vou transcrever um trecho do Livro Verde do Poker, do Phil Gordon, que se encaixa perfeitamente nesse assunto:

“Há muitos modos de ganhar o jogo. Neste livro, pretendo descrever exatamente o meu jeito de jogar. Você pode discordar de muitas jogadas que recomendo aqui. Ótimo. Não quero que você veja este livro como um guia definitivo de como jogar, mas que ele sirva para estimular reflexões a respeito do jogo.”

TostesBr: Live, percebendo tells de jogadores que não sabem esconde-las, ok, você pode dizer que feeling é importante…

mas quando jogar com pessoas que sabem disfarça-las, que mandam sinas “errados” ou quando for jogar na internet quero ver você usar o instinto.

Só pode ter instinto quem conhece a teoria… e quem tem um “bom instinto” acerta às vezes (e só lembra das vezes que acerta, lógico… quando erra todo mundo esquece), mas quem sabe a teoria bem sempre sabe o movimento correto a ser feito.

alexfido123: axo q naum tem regras fixas pra se seguir,e sim regras fixas pra se ter como base,e a partir delas tomar decisões,no kaso pratico concreto

prof_anselmo: A tabela serve para dar um chão ao iniciante… após isso, vc coloca seu estilo na forma de jogo..

Para começar é ótima, foi assim que comecei, e foi a partir delas que com estudo criei o meu estilo de jogo…

Sarsante: com certeza o estudo prevalece sobre o instinto.

a diferença é que se você já possui o instinto e se dedicar como quem não possui, terá edge sobre o field.

talvez seja a diferença entre ser top player / pro / semi pro

Vadiu: instinto é o fine tunning do estudo, é aquela sintonia fina, que podem somar alguns centavos a mais a cada mão, mas no longo prazo representam um belo montante.

e tem outra, acredito que nao adianta ficar achando que vai ter instinto em microlimits que os caras jogam tão aleatoriamente, que a melhor jogada sempre será baseada 99,99% nao estudo e não no instinto. (mesmo embora as que vc usou instinto fiquem mais aparentes na memória)

Autor original: DonkeyBoy.

Artigo anterior
Próximo artigo

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -