Piadas

cachacina: Só pra relaxar…

O banqueiro… ..

Reinaldo

Certa tarde, um famoso banqueiro ia para casa em sua “limousine” quando viu dois homens à beira da estrada, comendo grama. Ordenou ao seu motorista que parasse e, saindo, perguntou a um deles:

– Porque vocês estão comendo grama?

Não temos dinheiro para comida. – disse o pobre homem. – Por isso temos que comer grama.

– Bem, então venham a minha casa e eu lhes darei de comer – disse o banqueiro.

– Obrigado, mas tenho mulher e dois filhos comigo. Estão ali, debaixo daquela árvore.

– Que venham também – disse novamente o banqueiro.

E, voltando-se para o outro homem, disse-lhe:

– Você também pode vir.

O homem, com uma voz muito sumida disse:

– Mas, senhor, eu também tenho esposa e seis filhos comigo!

– Pois que venham também. – respondeu o banqueiro.

E entraram todos no enorme e luxuoso carro.

Uma vez a caminho, um dos homens olhou timidamente o banqueiro e disse:

– O senhor é muito bom. Obrigado por nos levar a todos.

O banqueiro respondeu:

– Meu caro, não tenha vergonha, fico muito feliz por fazê-lo! Vocês vão ficar encantados com a minha casa… A grama está com mais de 20 centímetros de altura!

Moral da história:

Quando achar que um banqueiro (ou banco) está ajudando você, não se iluda! Pense mais um pouco…

Tex Wilde: Joguinho Envolvendo Expectativa Matemática

Uma loira e um advogado estão sentados lado a lado num vôo de São Paulo para Belém. O advogado pergunta a loira se ela não quer participar de um joguinho interessante.
A loira, muito cansada, diz que só quer dar um cochilo, agradece educadamente e se vira para a janela na intenção de tirar uma soneca. O advogado insiste e diz que o joguinho é fácil e muito divertido. Ele explica:
– Eu faço uma pergunta e, se você não souber a resposta, me paga R$ 5,00 e vice-versa.
Novamente ela declina a cabeça e tenta dormir um pouquinho. Mas, o chato insiste:
– OK… se você não souber a resposta me paga R$ 5,00 e se eu não souber a resposta, te pago R$ 50,00.
Isso chamou a atenção da loira, que, pensando que esse tormento não terminaria enquanto ela não participasse da brincadeira, decidiu concordar.
O advogado fez a 1ª pergunta:
– Qual a distância exata entre a terra e a lua?
A loira não disse uma palavra, abriu a bolsa, pegou uma nota de R$ 5,00 e entregou ao advogado.
– Ok… é a sua vez – disse ele, sorridente.
A loira então pergunta:
– O que é que sobe a montanha com 3 pernas e desce com 4?
O advogado, desconcertado, pega o seu laptop e pesquisa todas as referências sem obter nenhuma resposta. Pega o telefone do avião (airphone) e conecta em seu modem, procura em todos os bancos de dados e bibliotecas
possíveis, sem obter nenhuma resposta. Frustrado, manda E-mail e conversa pelo MSN com todos os seus amigos e colegas de trabalho/profissão, sem nenhum sucesso. Após uma hora de pesquisa, ele pega uma nota de R$ 50,00 e entrega a loira, ela agradece e se vira para o lado para uma soneca.
O advogado, muito mal-humorado, cutuca a loira e pergunta:
– Muito bem, qual é a resposta?
Mais uma vez, sem dizer uma palavra, a loira abre a bolsa, pega uma nota de R$ 5,00, entrega ao advogado, e volta a dormir.

Marcelo: Joguinho Envolvendo Expectativa Matemática

É uma aula de EV e de blefes.

Veja que mesmo ela entendendo que suas chances eram pequenas, percebeu que a situação era +EV e levou a melhor.

TSawyer: Duas amigas casadas saíram para comemorar o final de ano e, totalmente bêbadas, sentiram uma vontade de fazer xixi.
Apavoradas e sem outra alternativa, estacionaram o carro e decidiram fazer xixi no cemitério.
A primeira foi se aliviou, então se lembrou de que não tinha nada para se secar. Pegou a calcinha, secou-se e jogou-a fora.
A segunda, que também não tinha nada para se secar, pensou:
“Eu não vou jogar fora esta calcinha caríssima e linda .” então pegou a fita de uma coroa de flores que estava em cima de um tumulo e se secou.

No dia seguinte um dos maridos ligou para o outro e disse:
– A minha mulher chegou ontem em casa bêbada e sem calcinha…Terminei o casamento.

O outro respondeu:
– Você tem sorte, a minha chegou em casa com uma faixa presa na bunda com a inscrição:
“Jamais te esqueceremos- Wagner,Moises,Ricardo e toda a turma da faculdade”…Enchi ela de porrada

TSawyer: Um português, a viver no Brasil, está numa entrevista para emprego. O entrevistador, um psicólogo brasileiro, dirige-se ao candidato e diz:
– Vou lhe fazer o teste final para a sua admissão.
– Perfeito! – diz o tuga.

O psicólogo pergunta:

– Você está numa estrada escura e vê ao longe dois faróis lado a lado vindo na sua direcção. O que acha que é?
– Um carro. – diz o tuga.
– Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Um BMW, um Audi, um Volkswagen?
– Não dá para saber, não é?

– Hum… – diz o psicólogo, que continua – Vou lhe fazer outra pergunta:
– Você está na mesma estrada escura e vê só um farol a vir na sua direcção. O que é?
– Uma mota – diz o candidato.
– Sim, mas que tipo de mota? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki?
– Sei lá, numa estrada escura, não dá para saber… (diz o tuga já meio nervoso)

– Hum…, diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta:
– Na mesma estrada escura você vê novamente um só farol, menor que o
anterior, e você apercebe-se que vem mais lento. O que é?
– Uma bicicleta.
– Sim, mas que tipo de bicicleta? BTT, estrada, passeio…?
– Não sei! – diz o tuga já a bufar
– Lamento, mas reprovou no teste! – diz o psicólogo.

Aí,o tuga levanta-se, dirige-se ao brasileiro e diz:
– Interessante esse teste. Posso fazer-lhe uma pergunta também?
– Claro que pode. Pergunte.
– Você está à noite numa rua iluminada.Vê uma mulher com maquilhagem
carregada, vestido vermelho bem curto, a girar uma bolsinha… o que é?
– Ah! – diz o psicólogo – é uma puta.
– Sim, mas que puta? A sua irmã? A sua mulher? Ou a puta que o pariu?

Marcelo: Um português, a viver no Brasil, está numa entrevista para emprego. O entrevistador, um psicólogo brasileiro, dirige-se ao candidato e diz:
– Vou lhe fazer o teste final para a sua admissão.
– Perfeito! – diz o tuga.

O psicólogo pergunta:

– Você está numa estrada escura e vê ao longe dois faróis lado a lado vindo na sua direcção. O que acha que é?
– Um carro. – diz o tuga.
– Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Um BMW, um Audi, um Volkswagen?
– Não dá para saber, não é?

– Hum… – diz o psicólogo, que continua – Vou lhe fazer outra pergunta:
– Você está na mesma estrada escura e vê só um farol a vir na sua direcção. O que é?
– Uma mota – diz o candidato.
– Sim, mas que tipo de mota? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki?
– Sei lá, numa estrada escura, não dá para saber… (diz o tuga já meio nervoso)

– Hum…, diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta:
– Na mesma estrada escura você vê novamente um só farol, menor que o
anterior, e você apercebe-se que vem mais lento. O que é?
– Uma bicicleta.
– Sim, mas que tipo de bicicleta? BTT, estrada, passeio…?
– Não sei! – diz o tuga já a bufar
– Lamento, mas reprovou no teste! – diz o psicólogo.

Aí,o tuga levanta-se, dirige-se ao brasileiro e diz:
– Interessante esse teste. Posso fazer-lhe uma pergunta também?
– Claro que pode. Pergunte.
– Você está à noite numa rua iluminada.Vê uma mulher com maquilhagem
carregada, vestido vermelho bem curto, a girar uma bolsinha… o que é?
– Ah! – diz o psicólogo – é uma puta.
– Sim, mas que puta? A sua irmã? A sua mulher? Ou a puta que o pariu?

LOL achei esta ótima!

cozar: LOL, todas muito boas!!!

TSawyer: Acabei de ler uma aqui e achei muito boa…..

O Papa e o Negão

O Papa chegou ao Brasil em missão não oficial e trouxe um motorista Negão.
Ele tinha um compromisso e estava atrasado e o motorista não passava de 80
Km/h , e a toda hora o Papa falava pro Negão andar mais rápido e nada…
E ele continuava nos 80 km/h. Ai o Papa disse:
– Deixe que eu mesmo irei dirigindo.
E foi. O Negão ficou no banco de trás e o próprio Papa foi levando o carro
a 140 km/h.
Lá na frente, um policial rodoviário mandou o Papa parar e, quando viu
quem era, resolveu passar um rádio pro chefe dizendo:
– Chefe peguei um cara importante voando na Dutra, o quê que eu faço?!
– Quem é… Um deputado? Perguntou o chefe.
– Não chefe, é mais importante.
– É um senador?
– Não chefe, é mais importante ainda.
– Então, é um governador de estado!
– Que nada chefe, é mais importante ainda…
– Então só pode ser o próprio presidente!
– É mais importante que o próprio presidente, chefe…
– Puxa, nesse caso então só pode ser o Papa!
– Que nada chefe. O Papa é apenas o motorista dele. É São Benedito!

Autor original: cachacina.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -