Habilidade x sorte x azar 2- Comentário 1

Anderson0001: Publiquei uma discussão aqui nesse mesmo tópico a respeito de como a habilidade no poker pode interferir no momento que um jogador esteja passando, seja ele sorte ou azar.

Mas porque o fator sorte? Se tenho sorte não preciso da habilidade, pois estou ganhando jogando de ualquer forma. Acredite que sim pois você deverá saber como extrair o máximo desse momento e ser lucrativo.Porque uma hora a sorte acaba, certo? Ela não deve durar o torneio inteiro. Isso basicamente não existe!

Porém o azar parece ser mais incontrolável. E não estou falando aqui de azar em apenas algumas mãos.É aquele que parece que te persegue e acontece o tempo inteiro fazendo você até sair do torneio.Para entender o que estou dizendo, quero citar um caso de um big stack do Main Event da WSOP que sofreu 6 bad beats seguidas saindo com cartas tops e perdendo de forma avassaladora!Ele ficou em estado de choque(pena que eu não consegui achar o vídeo que mostra a cena acontecendo pra mostrar aqui pra vocês).

Porém irei mostrar aqui um caso de bad beat que tirou um jogador da WSOP de 2010. Acompanhe (é uma compilação com vários casos):

https://www.youtube.com/watch?v=HUg9APgc_oI

Devemos lembrar o seguinte: A sorte está contida no pacote de habilidades do poker?Sim! E é um ítem que não não conseguimos controlar. No poker a gente pode controlar uma mão dependendo da aposta, de um blefe, entre outros. Mas quando vamos allin em uma mão, não temos controle do resultado. Como exemplo, um AA pode perder para um 720.Par de AA ganhar não é uma regra assim como o zap é o maior no truco.

É por isso que o poker é um jogo dinâmico. Porque não basta simplesmente ter habilidade e jogar bem e inclusive de forma estratégica. Isso não te da nenhuma garantia, apenas aumentam as suas chances.

Já imaginou como seria sem graça o jogador com habilidade sempre vencesse? Como ficariam os novatos?

Então basicamente o que eu devo fazer para me dar bem em uma situação de bad beats constantes?

Uma decisão básica é dar um tempo! É isso mesmo! um dia, uma semana ou até um mês. Depende da fase que um jogador está passando.

Digo isso porque quando estamos perdendo demais, nossa confiança cai. Isso altera nossa forma de jogar e passamos a temer novas situações. Talvez passamos a ser mais inseguros e menos agressivos quando sai um QQ ou KK. Isso cria um ponto negativo no cérebro. Portanto dar um tempo ajuda apagar aquela fase ruim da sua mente.

Outra coisa que ajuda bastante é recomeçar a ter pequenas conquistas. Por mais insignificantes que elas sejam, te ajudam a recuperar a confiança na sua capacidade de jogo!:happy34:

LeoVitorGT: Publiquei uma discussão aqui nesse mesmo tópico a respeito de como a habilidade no poker pode interferir no momento que um jogador esteja passando, seja ele sorte ou azar.

Mas porque o fator sorte? Se tenho sorte não preciso da habilidade, pois estou ganhando jogando de ualquer forma. Acredite que sim pois você deverá saber como extrair o máximo desse momento e ser lucrativo.Porque uma hora a sorte acaba, certo? Ela não deve durar o torneio inteiro. Isso basicamente não existe!

Porém o azar parece ser mais incontrolável. E não estou falando aqui de azar em apenas algumas mãos.É aquele que parece que te persegue e acontece o tempo inteiro fazendo você até sair do torneio.Para entender o que estou dizendo, quero citar um caso de um big stack do Main Event da WSOP que sofreu 6 bad beats seguidas saindo com cartas tops e perdendo de forma avassaladora!Ele ficou em estado de choque(pena que eu não consegui achar o vídeo que mostra a cena acontecendo pra mostrar aqui pra vocês).

Porém irei mostrar aqui um caso de bad beat que tirou um jogador da WSOP de 2010. Acompanhe (é uma compilação com vários casos):

https://www.youtube.com/watch?v=HUg9APgc_oI

Devemos lembrar o seguinte: A sorte está contida no pacote de habilidades do poker?Sim! E é um ítem que não não conseguimos controlar. No poker a gente pode controlar uma mão dependendo da aposta, de um blefe, entre outros. Mas quando vamos allin em uma mão, não temos controle do resultado. Como exemplo, um AA pode perder para um 720.Par de AA ganhar não é uma regra assim como o zap é o maior no truco.

É por isso que o poker é um jogo dinâmico. Porque não basta simplesmente ter habilidade e jogar bem e inclusive de forma estratégica. Isso não te da nenhuma garantia, apenas aumentam as suas chances.

Já imaginou como seria sem graça o jogador com habilidade sempre vencesse? Como ficariam os novatos?

Então basicamente o que eu devo fazer para me dar bem em uma situação de bad beats constantes?

Uma decisão básica é dar um tempo! É isso mesmo! um dia, uma semana ou até um mês. Depende da fase que um jogador está passando.

Digo isso porque quando estamos perdendo demais, nossa confiança cai. Isso altera nossa forma de jogar e passamos a temer novas situações. Talvez passamos a ser mais inseguros e menos agressivos quando sai um QQ ou KK. Isso cria um ponto negativo no cérebro. Portanto dar um tempo ajuda apagar aquela fase ruim da sua mente.

Outra coisa que ajuda bastante é recomeçar a ter pequenas conquistas. Por mais insignificantes que elas sejam, te ajudam a recuperar a confiança na sua capacidade de jogo!:happy34:

Excelente colocação!
Poker, ame-o ou deixe-o! É esse dinamismo que me fascina.

Quanto a dar um tempo, vale sim, mas se você tem um bom controle emocional (raridade), vale diminuir os stakes para voltar a ter confiança no knowledge de poker player.

VIVÃO: Eu não gosto do conselho de dar um tempo pra quem quer levar a serio, a fase ruim é um dos componentes do jogo vencedor, suportar as pancadas, gosto sempre de relacionar ao boxe, vc entra la e toma uns jabs, sai todo quebrado e da um tempo, vc nao desenvolve, tem que cuidar do psicologico e partir pra porrada.. sempre com classe e estrategia.

Pra quem é só recreativo ai pode dar tempo a vontade.

Anderson0001: Eu não gosto do conselho de dar um tempo pra quem quer levar a serio, a fase ruim é um dos componentes do jogo vencedor, suportar as pancadas, gosto sempre de relacionar ao boxe, vc entra la e toma uns jabs, sai todo quebrado e da um tempo, vc nao desenvolve, tem que cuidar do psicologico e partir pra porrada.. sempre com classe e estrategia.

Pra quem é só recreativo ai pode dar tempo a vontade.

No caso o post é direcionado a jogadores recreativos.
Eu tenho certeza que jogadores profissionais, jogadores lives e jogadores que vivem do poker sabem lidar muito bem com essa questão. Parar não faz muito sentido pra eles já que, inclusive, eles tem suas pausas e jogam menos tempo que os regulares e conseguem ganhar mais que o mesmo!

Bem observado! É isso ae!

DonVitche: Olá, Anderson0001

Gostei bastante do seu post, parabéns!

Mas quanto a esse pensamento: “Eu tenho certeza que jogadores profissionais, jogadores lives e jogadores que vivem do poker sabem lidar muito bem com essa questão”, acredite, não sabem não. Aliás acho que ninguém consegue lidar muito bem com isso.

Um detalhe que posso destacar, é que todos os que jogam muitos torneios percebem que não adianta jogar quando você está cansado, entediado, sonolento, com problemas pessoais, com baixa estima, etc, por que as cartas não batem e só levará bads mesmo com as melhores mãos.

Por que será isso?

Eu, particularmente, acredito que a nossa mente, DE ALGUMA FORMA AINDA DESCONHECIDA PELA CIÊNCIA, influencia no meio.

Intencionalmente destaquei a afirmação acima em maiúsculas por imaginar que os amantes da ciência, como eu, tenderão a discordar. Sei que não existem muitas evidências disso, mas se alguém discordar POR EXPERIÊNCIA PRÓPRIA, queira por gentileza manifestar sua opinião.

É para isso mesmo que o nosso querido fórum existe.

Abraços!!

Anderson0001: Como vai DonVitche

Agradeço o elogio!

Citei o caso de os jogadores profissionais, lives e os viventes do esporte como jogadores que sabem lidar com a situação, no sentido de, saber como fazer! Coloca-los em prática aí sim é algo difícil. Porque já envolve controle emocional. Na hora provavelmente a gente esquece tudo o que sabe, por isso os tilts são famosos. Portanto digo que eles sabem lidar porque estudam muito sobre o assunto(inclusive a psicologia e comportamentos nas mesas)e suas experiencias lhes darão vantagens nessas situações. Pelo manos a vantagem de não se afundar como fazem muitos jogadores novatos e alguns recreativos.

É como você mesmo citou “… todos que jogam muito torneios PERCEBEM que não adianta jogar quando…”
Aí pode surgir a pergunta: “Porque estou perdendo tanto?” É o cansaço? Estou triste com algo que houve? Briguei com meu irmão ou estou jogando mal? É a partir desse ponto que se um jogador quiser continuar bem, deve dar a pausa pra nao perder a cabeça! Aí depende de cada situação de tempo. Um dia? uma semana? Um mês? Ficar muito tempo sem jogar pode ter uma justificativa plausível. Como um exemplo a morte de um ente querido! Não é nenhum absurdo ficar muito tempo sem jogar. Isso não afeta a capacidade de jogo de ninguém com exceção os novatos (por nao ter dado o ponto de partida no conhecimento do mesmo)

Eu particularmente já fiquei 6 meses sem jogar. Estava passando por uma fase péssima e isso me fez muiiiitoo bem! Daí o motivo do post!:happy34:

Obrigado por comentar!!!

Autor original: Anderson0001.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -