Guia para SnG

Ruus7y: Quando eu comecei a jogar poker em meados de 2003, eu jogava cash games de $1/$2 limit e STT’s de buy-in baixo. Meu bankroll era muito pequeno naquela época e eu não tinha problemas com isso, já que eu não possuía as habilidades necessárias para ser um vencedor em longo prazo.

Depois de jogar milhares de STT’s, e aprender um pouco mais sobre o poker em geral, eu hoje sou um mestre nesses torneios. Eu não jogo STT’s com buy-in maior que $50 mas nos que eu jogo eu termino no dinheiro boa parte das vezes, sendo que quase nunca termino em 3º. E estou aqui para dividir com vocês o meu segredo para ser bem-sucedido nos STT’s.
Antes de tudo, quero que os leitores tenham certeza que eu me refiro a STT’s com buy-in de $50 ou menos, e que eu geralmente uso esta estratégia em STT’s com 10 jogadores. Alguns ajustes devem ser feitos para se jogar torneios com buy-in maior que $50 ou torneios com seis pessoas.
A razão pela qual eu jogo torneios com mesa cheia (10 pessoas) é que o pagamento te permite ter um ganho decente mesmo que você não vença no heads-up, onde muitas vezes é preciso ter sorte, pois as blinds ficam muito altas nesse ponto. Outra coisa interessante é que estes torneios têm um longo período de bolha, onde eu posso abusar os meus adversários que estão com medo de sair antes do dinheiro.

Por favor, tenha em mente que a estratégia que eu apresentarei neste artigo (principalmente nos dois primeiros segmentos do torneio) é comprovadamente vencedora, aceita por uma vasta gama de profissionais da internet. Contudo, eu estou fornecendo algumas especificações para clarear as partes mais complicadas.

Há 3 segmentos chave em um STT:
1)O começo
2)A bolha
3)In the Money

O objetivo deste artigo é fazer você chegar à terceira parte na maioria das vezes. Então, aqui vai como jogar em cada um destes segmentos:

1) O começo
É muito simples – jogue tight. A maioria dos jogadores nestes torneios são bem ruins e simplesmente sentar e assistir o jogo sem fazer nenhuma aposta estúpida vai permitir a você ver a metade da mesa ser eliminada. Algumas vezes durante este período você vai pegar uma big hand. AA, AK, KK, QQ são big hands. Se você pegar uma dessas, jogue agressivamente antes do flop, e se o flop não te ajudar (A quando você tem KK, nada quando você tem AK, A ou K quando você tem QQ) jogue a sua mão fora.
Quando alguém faz uma trinca contra o meu overpair (um par maior que o flop), bem, geralmente eu sou eliminado. Mas eu sei lidar com isso, já que a chance disso acontecer é muito pequena, pois eu me envolvo em pouquíssimas mãos. Isso não significa que necessariamente eu vou all-in se eu tenho um overpair com QQ, KK ou AA, mas num flop não muito assustador, eu não tenho receio de colocar todas as minhas fichas na mesa com essas mãos, principalmente porque muitos jogadores nesses torneios jogam top-pair como se fosse imbatível. É claro que uma exceção é quando eu sei que meu oponente é um bom jogador. Mas isto raramente ocorre em STT’s de baixo buy-in.

O único outro modo de eu entrar em uma mão no começo do torneio é quando eu tenho em minhas mãos um par menor que QQ. Se a quantidade que eu tenho que pagar para ver o flop for menos que 7-8% das minhas fichas, eu pago para ver o flop. Uma exceção é quando a pessoa que aumentou tem muito menos fichas que eu (isto é: menos que 10x o que eu pagar para ver o flop) – nessa ocasião eu geralmente dou fold, já que eu não vou ganhar um pote bem grande mesmo que eu acerte a minha trinca.

Quando eu jogo pares menores, eu tomo muito cuidado em STT’s, e tipicamente eu não vou muito longe com eles, a não ser que eu acerte a trinca ou esteja realmente confiante que a minha mão é a melhor. Para deixar claro, eu não vou pagar apostas grandes com pares pequenos depois do flop a não ser que eu acerte a trinca.

Eu sigo estas diretrizes até que a mesa seja reduzida a 5 jogadores, a não ser que o big blind seja maior que 1/100 do total de fichas enquanto ainda restam mais de 5 jogadores. Por exemplo, se eu estou jogando um sit-n-go em um site onde eu começo com 2.000 fichas e os blinds chegam a 100-200, considerando que há 20.000 fichas em jogo, o big blind já é 1/100 do total de fichas. Quando o big blind chega nesse nível OU restam apenas 5 jogadores na mesa, meu jogo muda drasticamente.

2) A bolha
Quando meu STT chega a 5 jogadores eu levanto meu chapéu… Hora de jogar. No caso raro de os blinds ainda estarem pequenos neste ponto, eu vou continuar bem tight (contudo não tão tight) até que o blind fique significante (1% do total de fichas em jogo). Se os blinds ficarem significantes e ainda houver mais de 5 pessoas na mesa, você não tem outra escolha a não ser ficar mais agressivo.

Neste momento os jogadores já investiram uma quantidade considerável de tempo, e eles não querem sair sem conseguir pelo menos uma parte do dinheiro de volta. Isto trabalha a meu favor, já que eu ganho muitos potes sem mostrar as minhas cartas.
Uma nota rápida sobre isto: Você sempre precisa se ajustar ao jeito que seus oponentes estão jogando. Eu geralmente consigo perceber rapidamente quais jogadores estão com medo de sair na bolha, e eu foco a minha agressão nestes jogadores, assim como em qualquer jogador que tenha menos da metade das minhas fichas. Tome cuidado para não começar a atirar para todos os lados, já que alguns jogadores serão bons o suficiente (ou destemidos os suficiente) para pagar suas apostas.

Dito isto, as mãos que eu aumento neste ponto do torneio caem mais ou menos nas seguintes categorias:
1)Qualquer A
2)Qualquer par
3)Quaisquer duas cartas 10 ou maior
4)Qualquer K suited (mesmo naipe)

É claro que a posição é importante neste ponto do torneio. Eu não vou aumentar com K2 suited under the gun, por exemplo. E também não pretendo abrir potes com essas mãos. Eu não tenho intenção de dar raise num limper com 33. Fique nos potes onde você começa e controla a ação, a não ser que você tenha uma big hand.
Eu entro em potes que alguém já deu raise, mas só vou fazer isso quando eu estiver razoavelmente confiante de que eu consigo fazê-los dar fold (ou eu tenha uma grande mão), e quase nunca vou simplesmente pagar um raise. Eu gosto de dar all-in nessa parte do torneio com quase qualquer par e Ases fortes (com kickers altos), mas, de novo, eu só vou fazer isso quando acho que aquele jogador vai dar fold. Eu não quero ser pago mais do que 20% das vezes que eu faço esse tipo de jogada, portanto eu uso bastante discrição, como ter o timing certo para fazer isto.

Geralmente eu sempre aumento a mesma quantidade nessa fase do torneio, a não ser que eu esteja em um dos blinds. Se os blinds são 75-150, eu vou aumentar para 375. Se forem 50-100, eu vou aumentar para 275. Eu não quero aumentar o mínimo porque eu sei que a princípio muitos jogadores vão pagar um raise mínimo, mas eu não quero aumentar nenhuma ficha a mais do que o necessário. Eu acredito que manter os potes baixos neste ponto funciona a meu favor porque eu sou o agressor. A exceção quando eu estou nos blinds é porque eu não gosto de jogar fora de posição. Geralmente eu só dou raise quando estou nos blinds com uma big hand, e dou um raise alto (4x o big).
Se alguém pagar, jogue cuidadosamente principalmente se você estiver jogando contra alguém tight. Nesses casos eu geralmente dou check no flop ou faço apenas uma aposta média, a não ser que o flop me ajude. Se eu conseguir uma ajuda do flop e derem check antes de mim, eu faço uma aposta, mas ainda jogo cuidadosamente se eu for pago. Você tem que usar certo julgamento nestas mãos, mas a linha mestra é que você não quer perder todas as suas fichas em apenas uma mão.
O que inevitavelmente acontece para terminar esta fase de um STT é uma de duas coisas, e ambas têm a ver com um dos meus oponentes com poucas fichas dando all-in depois de um raise meu.

No primeiro caso, eu vou pagar com a melhor mão e ganhar o showdown ou eles vão com a melhor mão e acabam perdendo mesmo assim. Nestas situações, eu só pago o all in deles se eu estou arriscando uma quantidade relativamente pequena das minhas fichas, então eu tento tirá-los, especialmente quanto eu já coloquei algum dinheiro no pote. Isso ainda avisa meus oponentes que eu não vou dar fold depois de um reraise.

Se eu perco um all in de um adversário com poucas fichas, eu simplesmente continuo jogando com o mesmo estilo agressivo e geralmente recupero as fichas perdidas rapidamente. As pessoas continuam jogando com medo de sair, e você tem que tirar vantagem disso. Uma grande vantagem em jogar essa parte do torneio do modo como eu faço é que você raramente chega no dinheiro sendo o short stack(tendo poucas fichas). Você vai quase sempre ter uma quantidade competitiva de fichas, o que vai te dar a chance de chegar pelo menos entre os 2 primeiros, que é onde geralmente está 80% do dinheiro. Ás vezes, por azar, você vai chegar em 4 ou 5 lugar, mas e daí? A longo prazo você vai fazer mais dinheiro.

Fonte: Guia Para Sit And Go da Pocket Fives | Universidade do Poker

Infanato: nice post…

Ruus7y: obrigado!

Kanonlr: Que isso meu amigo, excelente tópico !!!

Tenho lido ultimamente muita coisa sobre sng e no geral esta de acordo com o seu tópico … mas nunca havia lido nada tão claro e objetivo … acho que você me ajudou muito !!!

Obrigado mesmo !!!

OBS.: Deu até vontade de jogar um sng hauahuahuahuahuahuah …

afsalagoas: Só uma coisa, o tópico não é do Rusty, mas a ideia é boa.

Vou tentar traduzir o material de SNG do Blueprint Part, se alguém quiser ajudar, estou com dois PDF´s já.

O cara promente você virar reg em SNG. Vou incorporar no projeto SNG 2011.

Autor original: Ruus7y.

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -