Falta de habilidade ou falta de sorte?

Simão: Estava no CO e ninguem entrou no pote, tinha Q6 na mão e entrei de limper pois a blind era relativamente pequena, somente o BB permaneceu no pote comigo e deu mesa. No flop vira QQ9, o BB pede mesa e com uma trinca eu aumento, ele paga e no turn vem um T, ele vai all-in e eu dei instant call. O cara tinha KQ na mão, joguei mal ou foi falta de sorte mesmo?

brunomulato: Jogou mal, com essa mão não deveria ter jogado.

Simplesmente deveria ter dado fold, nem pago o blind pré-flop.

Simão: Mesmo depois de ter saido a trinca?

Marcelo: Simão, veja bem o problema do limp pré-flop com esta mão.

Raramente você fará uma boa mão, e quando fizer, terá grande chance de estar dominado por alguém com uma mão melhor.

Você fez um ótimo jogo no flop, e apostou, sendo pago.

No turn a mesa tinha uma chance de straight, além dos dois Q. Você não poderia ter pag aquele all-in a não ser que tivesse uma leitura muito boa do oponente. Como entrou de limp pré-flop, sua leitura foi nula.

Então seu limp pré-flop foi ruim pois sua mão não é jogável, e porque não conseguiu nenhum tipo de informação.

Simão: Vlw pela explicação, to aprendendo muito com vcs, abraço.

brunomulato: Mesmo depois de ter saido a trinca?

Sim, mesmo depois de ter saído a trinca.

Um jeito muito fácil de perder todo o stack é investir muito em trincas quando o board está pareado, como no caso.

O seu kicker era muito fraco (6), e ainda tinha a chance de o cara ter feito um fullhouse com um par na mão e mesmo straight.

Procure investir todo seu stack em mãos realmente fortes, esse tipo de mão parece melhor do que realmente é.

Note que do jeito que vc jogou só seria pago por alguém que estivesse na sua frente. Afinal, com o que vc acha que o cara faria isso que fez contra você?

A não ser que ele fosse MUITO ruim a chance era enorme de que ele estava na sua frente.

GremistaEterno: Faltou habilidade ae cara.

Bem cara, é como eu disse no outro post, você deveria ter foldado pré-flop pela seguinte razão:

Não vou entrar nessa mão, pois a unica coisa que me deixaria jogando com tranquilidade e sem decisões dificeis seria um flop “magico”, oque vem a ser muito dificil.

Explicando, pergunte-se porque entrou nessa mão? A blind ta baixa, mas Q6 é uma mão marginal, raramente você vai flopar algo de bom com ela, e essa trinca te iludiu, pois era “óbvio” um kicker maior nessa mão.

Toda jogada deve ser friamente calculada, principalmente com reads. E isso se começa pelo range de mãos que você deve entrar, pra não ter decisões complicadas.

Agora outro fato, em niveis iniciais de torneios onde a blind é baixa, de prioridade a suited conectors e pocket pairs para entrar, pois até as ultimas mesas seu objetivo é conservar suas fichas, mante-las longe de grandes perdas, então você vai entrar quando estiver realmente favorito. Ou abrir mais seu range e colocar os suited conectors/pocket pairs nele(eu falo isso porque não é obrigatório, mas pode ser uma boa chance de levar alguns potes para aumentar sua stack).

Ai esta a dica, e minha opinião.

Abraço e bom jogo.

Vadiu: 1- nunca entre de limper. ou a mão eh boa pra raise, ou é fold.
2- nunca fique muito feliz quando trincar, se a trinca for com 2 cartas na mesa. Trinca boa é a que tem 2 cartas na mao e 1 na mesa.

brunomulato: Não concordo com “nunca entre de limp”. Limp é muito útil para quem sabe usar.

Eu disse usar, não abusar…

TSawyer: è achei o nunca muito forte também….

como ja disseram, o limp é uma jogada muito boa sim quando se sabe a hora

certa de usar…mesclar o jogo é essencial…vejo muitos profissionais

defenderem o limper e até adotam esse estilo… cito o Gus Hansen fiel

seguidor do estilo….pra falar a verdade eu estou aprendendo a usa-lo também.

poker não é so push or fold….tem tb o bluff e o call…rsrs….jogo de informações imcompletas onde as cartas podem não

ser o fator mais importante….leitura é tudo..

Petrillo: Não concordo com “nunca entre de limp”. Limp é muito útil para quem sabe usar.

Eu disse usar, não abusar…

Concordo com o Bruno. Eu entro de limp sim, para variar meu jogo, mas é 2% das vezes que abro o pote.

O valor de 2% é “quase” nunca, mas nunca é radical.

Principalmente em micro-stakes. Em stakes maiores abrir o pote de limp é bem raro… Mas em micro-stakes, que os caras não sabem onde é o botão de fold, alguns limps de vez em quando não matam, desde que saiba largar a mão se não acertou algo realmente bom no flop.

Quer ver uma jogado de limp que gosto de fazer?(arriscada crianças, be carefull)

Quando sei que a mesa está passiva, e já tem uns dois limpers na mão (de tal forma que dar raise de 3BB só vai aumentar a ação desnecessariamente), as vezes quando estou do meio da mesa gosto de entrar de limp com KQs (eu disse suited!). É uma ótima mão para se jogar contra muitos oponentes, pois posso flopar vários monstros! Se acertar, fica bem escondida e a galera que acerta o top pair/weak kicker ou dois pares, ou até trincas, fica engatado e consigo muitas fichas. Mas repito, tem que saber largar top pair se a action estiver muito grande no flop…

Portanto, “nunca” é uma palavra muito forte…

GremistaEterno: Eu costumo entrar de limp com pocket pairs e suited conectors, nem sempre, mas normalmente é minha jogada favorita com essas mãos, pois não arrisca muito, por cartas que dificilmente iram bater, então fica uma decisão facil, ja que tem pouco dinheiro no pote.

Antonucci82: Outra jogada interessante com o limp é contra oponentes muito agressivos. Um limp/ reraise e especialmente um limp/call em posições iniciais com um monstrinho como AA ou KK pode te render um belo pote, embora não se deva abusar dessa jogada, que é a campeã nas seções de bad beat por aí. Não estou defendendo o limp com overpairs em geral, apenas lembrando que essa jogada é válida, como muitas outras, desde que tenha uma boa razão (neste caso, uma mesa ou oponentes muito agressivos, em posição). Agora, se as coisas não saírem como esperado e você encontrar vários callers, esteja preparado pra largar, sem hesitação.

Vadiu: mas e se cair um flop QAx como vc fica?

brunomulato: mas e se cair um flop QAx como vc fica?

Em que caso André? Pra quem foi essa pergunta?

Antonucci82: mas e se cair um flop QAx como vc fica?

Com AA, eu ficaria feliz :D. Agora, se eu tiver isolado com um cara overagressive segurando KK, se ele não tiver um ás ele vai tentar representar o ás, e aí vai depender do jogo (MTT ou cash), do tamanho dos stacks, do pote, e principalmente da leitura que eu tenho dele, as vezes é chão assim mesmo, as vezes não vale o risco, mas nesse caso vc tem que fazer limp/reraise e não limp/call. Se toda vez que bate um ás no flop vc largar pro maniac, vai ser complicado jogar. Já em um multi pote, com um flop ruim dependendo da ação eu largo o overpair, sem dó.

Petrillo: Vou repetir:

Cuidado, PokerDicas adverte: entrar de limp faz mal ao seu bankroll!

Primeiro galera, vamos falar algo importante: em geral, entrar de limp é uma jogada fraca. E quanto mais alto o buy in, mais fraca ela é. Pq?

Porque com altos valores, em geral, os vilões sabem onde é o fold. Se o cara tem K8o no dealer e alguém em UTG raise de 2,3BB, o dealer dá (em geral) insta fold.

Já em micro stake, os vilões em geral dão call.

Portanto, dar um raise com 66 no UTG de 2,3BB é uma coisa num torneio de $100 de buy in (+EV no longo prazo) e outra coisa num torneio de $1 de buy in (onde só Deus sabe o que pode acontecer).

Estando em EP em torneios baratos e com blinds baixos (a maioria com mais de 30BB), acredito que seja +EV entrar de limp com little poket pair (de 22 a 77), bons suited connector (89s, JTs…) e Axs (eu disse Axs), porque se tu conseguir ver o flop barato (3BB ou menos) e flopar um monstro blz, senão, fold. E insisto: para jogar assim, tem que se ter a disciplina de foldar uma boa mão se a ação está muito grande. Se tu não sabe foldar um A3s com flop AKJ, bem meu amigo, jamais entre limp (e este jamais eu falo com segurança).

Quando os blinds sobem, independente do buy in (a menos que tu seja o chip leader com mais de 100BB), entrar de limp é uma jogada beeeem fraca, imo. Pq? Porque agora os donkeys terão medo, e eles irão foldar cartas marginais ou dar raise desproporcional (até all in) se estiverem bem. Então, se tu bet pf 2,4BB, a chance levar o pote pf é muito grande e se o vilão der raise de mais de 6BB, fica fácil foldar teu 66.

Portanto galera, pensem no que estão fazendo, analisem o contexto e busquem as oportunidades onde há vantagens reais. 😉

PS: Toda a vez que você estiver estudando (livro, revista, blog, site, fórum, aula presencial, etc), tudo que você está aprendendo tem que ser olhando segundo o contexto do field e buy in. No geral, as orientações de pessoas de alto gabarito no poker são corretas, mas no contexto que elas estam falando. Exemplo: o move check/raise bluff é uma ferramenta fundamental do poker. OK. Se bem feita, é uma jogada +EV para altos buy ins e -EV para buy ins baixos (mesmo que aparentemente bem executada dentro da técnica). Portanto, tudo que tu estudar deve sempre ser adaptado ao contexto e não tomado como regra ou fórmula.

Wildotsel: Petrillo,
Excelente explicação, principalmente para os novatos no poker que estão em busca de informações para agregar em suas jogadas.

Parabéns.

JADSB: Nossa! Acabei de me deparar com um excelente tópico! Sim! Q6 ruim, muito ruim! Se tu faz um par de 6 embora teu kicker seja alto alguém deve fazer uma dupla maior que a tua, e se fazes um par de Q muito provavelmente perderá pelo kicker… Pensa aí numa situação difícil! Ainda mais porque pra tu fazer uma sequência, acho que não dá né? A não ser que seja 6789TJQ, mas aí seria um straight de 7 cartas… num dava mesmo!
Aí se tua Q fosse de :heart: e viesse :heart::heart::heart::heart: ainda assim olha o A:heart: e o K:heart: de novo bagunçando o jogo!
Mas veio QQ no flop, é trinca!!! Trinca de 2 cartas na mesa. Veio tbm o 9 no Flop e o cara faz um full house! A trinca já era!
A menos que viesse o 6 depois e tua trinca seria de Q sobre 6 e a dele seria de 9 sobre Q! Mas aí precisaria de muita sorte! Mas só seria sorte mesmo se o 6 batesse no flop porque all in na dúvida eu não recomendo.
Mas poker é isso mesmo, prática, eu levei muito tombo! E olha que teve uns que eu tombava fazendo pirueta!
Nada como os tombos para nos fazer pessoas e jogadores melhores!

Um abraço amigo!

Autor original: Simão.

Artigo anterior
Próximo artigo

Artigos Relacionados

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -