Probabilidade: e quando não bate?

Poker é um jogo com muito mais coisas envolvidas, além de fichas e cartas.

“O pássaro pousa sobre um galho muito fino e ali fica tranquilamente, pois a sua confiança não está no galho, mas sim na força de suas asas.”

Que o poker é um jogo de estratégia, todos nós sabemos, que envolve uma análise multifatorial, estamos saturados de saber, contudo alguns fatores valem ser entendidos, para não nos frustrarmos com resultados inesperados em uma mão, como o fato de ter perdido uma mão em que você era favorito, não pode influenciar as suas decisões a partir daquele momento. Observem essa série de probabilidades de uma mão sua estar dominada, contra o range possível de jogadores (pares e não-pares):

Clique aqui para ver as tabelas

Estas tabelas foram criadas por simulação randomizada. Cada célula da tabela de pares foi baseada em 7.8 milhões de mãos, e 21.7 milhões a de não pares.

Notem na primeira tabela que o AA, nunca estará dominado evidentemente, porque ele é o maior par possível pré-flop. Agora vem a pergunta: Por que você já perdeu então com AA contra um adversário que entrou com J8o, sendo que você fez o aumento padrão pré-flop, conforme manda a cartilha?

A resposta é simples, embora o AA ser o franco favorito pré-flop e imbatível nesse momento, as cartas que estão por vir podem mudar a história da mão completamente, dando a vitória ao mais fraco pré-flop. Agora isso não é motivo para você deixar de acreditar nas probabilidades matemáticas, o que tem que se ter em mente é que a probabilidade não confirma que irá, mas que é provável que.

Aproveite seu tempo de estudo e crie sua conta no 888 Poker clicando neste link! Você ganha $88 grátis* e ainda pode jogar nosso freeroll semanal de $100 todas as terças-feiras! (*$8 em cash e $80 em bônus).

Sabendo que o AA perde sua força quando se joga contra mais de um oponente, assim, ao prestar atenção na matemática do jogo, pode auxiliar no longo prazo.

AcesssCerta vez, conversando com uns amigos, após um live, perguntamos a um companheiro porque ele deu call em um aumento que custou o seu torneio, entendendo que a probabilidade dele acertar era 1 em 8, a resposta do “parceiro” foi que em 7 outras vezes aconteceu a mesma coisa e que aquela próxima vez, era a vez de dar certo. Pode parecer piada o que escrevi, mas foi o que aconteceu em um torneio aqui em minha cidade.

Temos que colocar em mente que embora algo que esperávamos que acontecesse pela probabilidade não aconteceu, não quer dizer que na próxima vez então ela irá acontecer, porque as cartas não têm memória. Na próxima rodada, as estatísticas são zeradas, as cartas são embaralhadas e tudo começa da estaca zero.

No livro Poker for Dummies – Harrock e Krieger, eles mostram um ensaio que foi realizado sobre a questão da probabilidade em um computador que simulou 60.000 mãos no hold’em, objetivando verificar quando seria o longo prazo.

Colocaram informações de jogadores com habilidades iguais. Esperavam ao final o exato equilíbrio, ou seja empate entre todos. Após as 60.000 mãos, 4 jogadores perderam e 5 ganharam, com ROI diferentes. O experimento demonstrou que em 1 ano, com uma carga diária de jogo regulares, não chegou no esperando longo prazo.

Em outro experimento, solicitaram ao computador para simular 3 milhões de mãos, com uma média de 30 mãos por hora, 2.000 horas ano. Isso são cerca de 50 anos aproximadamente. Ainda assim, o equilíbrio não foi observado, tendo jogadores ganhadores e perdedores.

O Party Poker está de volta ao Brasil! Saiba sobre o bônus e as vantagens ao criar sua conta afiliada ao Poker Dicas.

Mas aí vem a grande questão, a probabilidade não garante o equilíbrio no longo prazo, mas sim o que pode acontecer. Se pegarmos uma moeda com cara e coroa, e lançarmos 100, 1.000, 10.000 vezes, não chegaremos ao equilíbrio perfeito das vezes que sair uma face ou a outra.

Finalizando o experimento substituíram dois jogadores da mesa em que todos tinham a mesma habilidade e colocaram outros 2 ligeiramente mais fracos em termos de habilidades no poker. Resultados: os 2 perderam somas significativas, enquanto os outros 7 foram lucrativos no longo prazo.

Assim o mais importante para o jogador de poker, sobretudo iniciante é acreditar que o seu diferencial não está ou estará nas cartas, mas sim em suas habilidades de análise multifatorial que o poker exige.

Artigo escrito por: prof_anselmo

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MELHORES APLICATIVOS DE POKER

- divulgação -

Artigos Recentes

- divulgação -