LAPT Rio de Janeiro – Mesa Final (dia 3)

2

Latin American Poker Tour - Rio de JaneiroÉ dia de mesa final no Latin American Poker Tour – Rio de Janeiro! Vai chegando ao fim o maior torneio de pôquer ocorrido no Brasil, organizado pelo Poker Stars. Houve uma grande participação de jogadores brasileiros, com cerca de 50 deles passando para o segundo dia. Entretanto, a mesa final é quase toda de estrangeiros.

O único brasileiro ainda no torneio é Eduardo Henriques – jogador de pôquer carioca que entrou no torneio com a ajuda de um amigo, que pagou 90% da inscrição em troca de 40% da premiação. Parece que foi um bom negócio, já que Eduardo está atualmente em sétimo lugar, e mesmo que seja eliminado em nono, leva para casa no mínimo $11000 dólares. A torcida é toda para ele aqui no Rio de Janeiro.

Em primeiro está Julien Nuijten, da Holanda, que já foi campeão de Magic The Gathering e agora se dedica ao pôquer. Ele está com 970000 fichas, mais do que o dobro do segundo lugar. Alex Brenes, em terceiro, pode não ser famoso, mas é irmão mais novo de Humberto Brenes, Costa Riquenho ganhador de dois braceletes do WSOP. O brasileiro Eduardo está com 275000 fichas (aprox. 20 big blinds), e terá que tomar cuidado com os oponentes de pilhas maiores. Vamos torcer para ele fazer um double-up bem rápido para entrar na disputa dos primeiros lugares.

14:50 Agora cada pote é importante.

Na mesa final, cada posição vale muito dinheiro. Rapidamente sai o nono lugar, o suiço Severin Walser. Eduardo Henrique se mete no primeiro pote importante, quando Julien aumenta a aposta para 35000 fichas e Eduardo dá re-raise ALL-IN. O oponente larga a mão e Eduardo mantém suas chances.

16:30 Mais dois estão fora

Rafael Pardo e Juan Carlos estão fora. Antes disso, uma grande mão chamou a atenção da platéia. O próprio Juan Carlos paga um raise com 8 6 ! O flop vem milagroso, 8 8 5. O oponente, Nikolai, tinha J T. O turn foi um T, e Juan veio de ALL-IN. Nikolai pagou para ver, e já ia levantando para ir embora, quando um outro T aparece no river, dando-lhe um full house maior e a vitória. Logo depois Juan Carlos foi eliminado com Q 8 contra A 9.

17:20 Eduardo Henrique termina em quinto

O brasileiro Eduardo Henrique terminou sua excelente participação no LAPT-Rio em quinto lugar, levando simplesmente $47100 dólares de prêmio. A mão ocorreu assim: Julien no button aumentou a aposta cerca de 3xbig blind, e Eduardo voltou de ALL-IN. Julien pagou sem pensar, com A 5 e o Eduardo tinha apenas 7 8. Um 8 no flop não foi suficiente, pois o river teve A para dar a vitória ao holandês. Parabéns Eduardo! Se você estiver lendo esse artigo, faça contato!

19:00 Heads-up no Rio de Janeiro

Após cerca de 30 horas de torneio, chegamos ao heads-up, entre Julien Nuijten (Holanda) e Vitaly Kovyazin (Estados Unidos)

Heads-up no Rio de Janeiro

Começam praticamente empatados em fichas. Em uma hora acontece de tudo: Vitaly perde duas mãos e fica ALL-IN com 7 8. Julien com faz par com K, Vitaly par com 7, no river vem outro 7 para salvá-lo. Em outra mão, Vitaly blefa ALL-IN com 8 5 contra A 8 de Julien. O RIVER vem 5, e nada de acabar. A agressividade toma conta de Vitaly, que chega a empatar de novo o jogo. Na mão final, Vitaly paga um raise com Q 5, e faz um par no flop de 7 7 Q. O problema é que Julien tinha 7 8, formou uma trinca, e dessa vez o river não ajudou Vitaly.

Fim de jogo. Julien Nuijten, da Holanda, vence o primeiro Latin American Poker Tour, do Rio de Janeiro. E nós aqui terminamos a nossa primeira cobertura de torneios de poker. Até a próxima!

Julien Nuijten vence o LAPT-Rio

2 Comentários

  1. Esse Nuijten teve muita sorte naquela mão QQ contra KK do oponente, mas no restante do jogo sua habilidade prevaleceu.

    O Eduardo saiu muito bem, é uma pena que não teve mais brasileiro na final table.

DEIXE UMA RESPOSTA