LAPT Rio de Janeiro – Dia 1

1

Latin American Poker TourLatin American Poker Tour – Rio de Janeiro, o maior torneio de pôquer já disputado no Brasil, começou nesse sábado (03/maio/2008) no Hotel Intercontinental. São 314 jogadores, que pagaram uma entrada de $2500 dólares ou se classificaram via satélites online.

Esse grande evento é promovido pelo Poker Stars, e será repetido em outras cidades da América Latina em breve: San José (Costa Rica) e Punta Del Este (Paraguai). Dentre os participantes famosos desse evento temos Chris Moneymaker (campeão do WSOP Main Event de 2003), Humberto Brenes (dono de dois braceletes do WSOP), Greg Raymer (campeão do WSOP Main Event 2004) e André Akkari (brasileiro do time Poker Stars Pro).

Acompanhe aqui as notícias do 1º dia de torneio.


Chris Moneymakers dá adeus ao LAPT Rio16:00h – Profissionais dão adeus.

Humberto Brenes foi um dos primeiros famosos a serem eliminados, com seu AK contra KK do oponente. Saiu do salão com seu bom humor de sempre. Chris Moneymaker foi o próximo – recebeu KK e ficou ALL-IN antes do flop contra dois oponentes – que mostraram JJ e 66. O flop veio baixo, Moneymaker ainda na frente, porém todo de paus. O turn não mudou nada, mas o river foi o 5 de paus, completando um flush para Renato Marquez, que tinha J de paus, e levou todo o pote.

20:00h – Premiação definida.

32 jogadores irão dividir uma premiação de $785000 dólares, com pagamento de $222000 para o primeiro colocado. O governo brasileiro vai ficar com 30% a título de impostos. Antes da divulgação, o brasileiro André Akkari deu adeus ao torneio, quando seu AQ perdeu para um KK. Apesar de ter saido tão cedo, valeu a participação e ajuda na organização desse importante evento para a história do pôquer do Brasil.

01:00h (04/maio/2008) – Fim do primeiro dia.

211 jogadores já deram adeus, e ficam 103 para o segundo dia. Temos no momento Carlos Alberto Lopez (Espanha) como líder em fichas, com 121200, contra o Holandês Julien Nuijten, com 92750. Em terceiro, um brasileiro – Cyril Bernard, com 84650.

Metade dos jogadores classificados para o dia 2 são brasileiros, mostrando que a prata da casa já está com nível internacional, e com grande chance de chegar à mesa final.

Por hoje é só, acompanhem amanhã o dia 2 do LAPT Rio.

1 Comentário

  1. Olha a cara do Moneymaker, hehehe. Ele deu azar, mas KK contra dois pares já não é a mesma coisa de KK contra um par. Na prática os oponentes somados tinham quatro outs para vencerem, sem contar as possibilidades de straight e flushes. Agora, o cara que deu call com 66 putz.

    Akkari confiou demais em seu AQ e ficou dominado contra KK, com apenas três outs. Foi uma pena.

DEIXE UMA RESPOSTA