Ver Feed RSS

Petrillo Poker

Jogos em família.

Avaliação: 2 votos, 4.50 média.
Em minhas mini férias fiz quatro partidas de poker com meus dois irmãos Flávio e Fábio (três S&G de R$ 1 e um HU R$ 0,50), que por minha influência, estão iniciando nesta vida, especial meu irmão mais novo, o usuário FlAAvio.

No primeiro, o Flávio (mais experiente) foi de all in num flop 77x e tomou insta call do Fábio. Flávio 75o e Fábio A7o... O Fábio ficou gigante e começou a pressionar com suas fichas. E o jogo acabou quando eu acertei dois pares com Q8 (Q top, e fui all in) e o Fábio fez straight.

No segundo também faço HU com o Fábio, novamente ele é o chip leader ao derrubar o Flávio, mas eu consigo virar e abrir grande vantagem no jogo e pressioná-lo com minhas fichas. Entretanto, dois momentos novamente desequilibraram o jogo (blind já caros):

  • no primeiro, eu com 77 vou all in e Fábio short paga com KcJc. Ele acerta o K e sobrevive.
  • novamente vou all in pf com AQs e ele paga com AJo. Mesa AK646 e incrivelmente dividimos o pote.
Ele volta a pressionar e consegue uma pequena vantagem. Como com blinds muito altos entro de limp e faço straight no turn, dou raise ele dá re-raise, vou all in ele call com nut flush feito também no turn.

No terceiro jogo derrubo o Fábio short, que volta all in ao meu raise com 33 num flop 9xx e pago com A9.

No HU, estou com boa vantagem para o Flávio, quando vem uma mão decisiva. Estou no dealer dou raise 3BB com KTs. Ele titubeia mas paga. Flop Kx9. Ele short vai all in e eu pago. Ele mostra K9o e o T não aparece...

Depois perco outra mão que não lembro (acho que foldei um TT depois de um re-raise all in dele), ficou short e não consigo me recuperar...

Dois dias depois, quando já estava arrumando as coisas para ir embora, proponho um último HU com o Flávio, e ele topa mas só por $ 0,50.

O jogo está equilibrado, mas consigo acertar alguns pares e blefar em outras mãos e acumulo fichas, ficando com cerca de 3k e ele 2k.

Aí vem a mão decisiva:

Blinds em 25/50 e estou no dealer com 96s. Para tentar roubar o pote, dou raise de 150. O Flávio pensa um pouco e dá re-raise, aumentando para 300 total. Para não mostrar fraqueza para as próximas mãos eu dou call.

Flop: 699

Eu nem acreditei, de tal forma que nem tinha visto que tinha feito full de mão, pensei que tinha só a trinca...

Ele pensa um pouco e dá bet de 300. Eu começo provocá-lo, digo que se eu tivesse 22 estaria na frente dele, e dou raise de 600 total. Sei que ele joga tight e para me dar um raise de 300 pré-flop é porque tinha par alto ou AKs...

Ele volta all in, eu pago e ele me mostra AA...

Nenhum outro A aparece e venço o jogo.
Depois disto começamos a discutir uma tese que estou formulando:
O grande jogador não está nos grandes raises, está realmente nos grandes folds.

Petrillo
Fica a reflexão.

Comentários

  1. Avatar de Marcelo
    Foldar TT heads-up pré-flop? Caramba!

    Não vi grandes problemas nas suas outras jogadas. That's poker baby.
  2. Avatar de Petrillo
    É que ele só faria re-raise all in com JJ+... Aí é fold blz.
  3. Avatar de FlAAvio
    Grande Fabiano!

    Nice Fold naquela mão que tu tinha TT, visto que eu tinha um KK!

    Realmente, meu irmão, tu está me saindo um grande foldador. rs

    Abs.
    Atualizado 01-01-2009 às 04:02 por FlAAvio
  4. Avatar de FlAAvio
    Aquele par de 9 no flop ainda não me saiu da cabeça, acho que me precipitei dando all-in já tendo uma boa leitura de ti e sabendo que estarias gigante.

    Valeu!
  5. Avatar de Marcelo
    Que leitura, do TT contra KK. Lembro uma vez que foldei QQ pré, depois de um raise e um re-raise na mesa. Eu estava certo.
  6. Avatar de Petrillo
    O fold era mais difícil pois eu estava em HU com o FlAAvio... Realmente foi um nice fold.

    Sobre o 99 que o FlAAvio tá falando, acho que foi uma mão que eu dei raise pf com 96s e ele deu re-raise. Eu paguei e apareceu 669. Eu bet e o Flávio deu raise. Eu dei re-raise e ele voltou all in com AA na mão...

    Tive que pagar e ganhei o jogo... Mas foi um grande suckout...GG FlAAvio, isto acontece mesmo!