Scare Cards – Um Guia para Iniciantes

0

Neste artigo você irá entender tudo sobre Scare Cards – o que são, como influenciam nosso jogo e como utilizá-las à seu favor.

Começando com um exemplo

Tony aumentou do cutoff e você olha para suas cartas e vê 44 no botão

Você paga, os blinds desistem e você está heads-up no flop.

Tony é um jogador sólido, se ele tem algo bom, ele aumentará, se não tiver, desistirá.

Flop: :7h :3h :Qc

Ele opta pelo check e você decide arriscar uma aposta, que ele paga.

Turn: :Kh

Ele dá check e você aposta. Uma careta aparece na face de Tony, como se ele tivesse acabado de beber café sem açúcar, e paga.

River: :Ad

Ele dá check e você faz uma aposta do tamanho do pote. Ele desiste de :Kc :Qd mostrando suas cartas. Enquanto pega as fichas do pote, você diz ao Tony que ele fez a escolha certa ao desistir.

Tony, então, dá duas batidas no feltro e murmura, “Sabia que você tinha o flush. Você sempre tem o flush.”

Nós sempre temos o flush? Será?!

Bem vindo ao mundo das scare cards – ou cartas assustadoras!

Tenha direito a um incrível bônus de 1º depósito ao criar sua conta no Bodog Poker a partir de nossos links!

O que são Scare Cards?

Scare Cards - Patrik AntoniusUma scare card, ou carta assustadora, é uma carta que muda a textura do board, de forma que faça seus ossos tremerem como vara verde.

Em nosso exemplo, a scare card foi o :Kh no turn. Embora ela deu a Tony uma mão com dois pares, também completou o possível flush.

As suas apostas combinadas com o medo de Tony e sua percepção da mão do oponente, tornaram o :Kh uma carta assustadora para ele, levando ao fold no river.

Não é fácil escrever uma definição para as scare cards, pois essa definição pode significar coisas diferentes para jogadores de níveis diferentes. Então, vamos agora focar no significado para aqueles que acabaram de começar no poker.

Para ajudar nisso, pegamos algumas dicas com o vencedor de bracelete da WSOP, Gavin Smith, e vencedor do PokerListings Spirit of Poker, Luca Moschitta, e o jogador Dan O’Callaghan.

Bonus, cashback & freerolls – você encontra tudo isso e muito mais ao criar sua conta no partypoker a partir de nossos links!

Iniciantes são pessimistas

Creio que a coisa mais importante de pontuar é que as cartas assustadoras o são tanto para você quanto para seu oponente”, diz Gavin Smith.

Dan O’Callaghan explica porque:

A chave para entender as scare cards é pensar em como todos estão preocupados nas formas que podem perder a mão”.

Assim, há duas formas de ver uma scare card:

  1. Você pode acreditar que a carta assustou seu oponente e usar isso a seu favor apostando
  2. Você pode pensar que a carta ajudou seu oponente e jogar na defensiva.

Quando iniciam no poker, a maioria das pessoas tende a cair na segunda categoria. No começo, a linha de pensamento consiste, muitas vezes, de apenas uma dimensão do jogo. Eles acabam se tornando mais pessimistas acerca de suas chances.

Não se preocupe: é uma reação biológica que serve para prevenir que você seja comido por algum monstro pré-histórico. Com o tempo, no entanto, você aprende que todos monstros estão mortos.

Porém, algumas pessoas ainda assim sempre terão medo dos monstros. Veja Tony por exemplo, ele tem jogado poker por mais de 20 anos e quando uma carta assustadora aparece ele ainda vê presas de tubarão e chifres de demônio no outro jogador.

Ataque quando todo mundo está defendendo. Não pense negativamente, pense positivo! Respeito o fato de que a carta pode ter ajudado seu oponente, mas foque em como ela te ajuda a progredir positivamente.

Você sabia que ao criar sua conta no 888poker a partir de nossos links você ganha um ótimo bônus e ainda pode jogar nossos exclusivos torneios gratuitos (freerolls) semanais?

Uma das jogadas mais lucrativas do poker

Quando você fala com alguém que não sabe nada de poker, a reação mais comum é a seguinte:

Tudo se resume a blefar, certo?”

Não, é mais sobre dar fold! Mas blefar é uma parte importante do jogo. Cartas assustadoras são o trampolim que você vai usar para completar sua agressividade nas jogadas e sair da mão com um sorriso no rosto.

“Incorporar blefes no seu jogo quando o board contém uma carta assustadora é”, segundo Luca Moschitta, “uma das jogadas mais rentáveis do poker. Porém, você precisa se lembrar de algumas coisas.”

Vamos chegar a essas coisas daqui a pouco.

Há duas formas de pensar sobre o conceito de blefe em boards com cartas assustadoras. A menos óbvia das duas formas é como seu oponente pode usar a scare card para blefar contra você.

“Se a chegada de cartas assustadoras se encaixar na forma como você tem jogado a mão,”, diz Smith, “ será ótimo pra você, pois você provavelmente será aumentado por cartas piores que a sua.”

“Porém, se é uma carta que não se encaixa no seu padrão de jogo da mão até o momento, uma aposta se torna suicídio, pois se fará com que seja fácil blefar contra você. Então, nessa situação, ir de check-call normalmente será a melhor escolha.”

Vamos encher o saco do Tony um pouco. Usando a filosofia de Smith, se Tony tivesse tentado blefar após a carta que o assustou no board, um blefe-aumento teria grandes chances de sucesso, já que sabemos que Tony acredita que nós temos o flush, que é um ótimo jogo.

O ponto é que precisamos fazer com que nossa história faça sentido e que a história do seu oponente também faça. Para isso precisamos considerar a percepção.

Percepção

Fizemos um desvio apenas para explicar como o blefe entra em cena quando falamos de scare cards. Agora, voltemos um pouco para relembrar algumas coisas.

Uma dessas coisas é a percepção:

Moschitta nos diz: “Sempre pense na percepção do seu oponente sobre você. Por exemplo, se ele te ver apostando no turn e no river com frequência, ajustará seu jogo e começará a pagar, também, com frequência. Nesse caso, apostar em cartas assustadoras toda vez que elas aparecerem pode se tornar bastante caro e perigoso.”

Voltando ao nosso exemplo. Quando Tony usa frases como “você sempre tem o flush”, a estratégia citada acima se torna muito útil. Porém, você encontrará pela frente oponentes melhores que terão uma melhor percepção do seu jogo.

Outro ponto para lembrar é que às vezes Tony pode simplesmente ficar sem paciência. Ele pode pensar “eu sei que ele tem o flush”, mas ainda assim pagará a aposta por desespero, por estar cansado de apanhar e nunca revidar.

Em ambos os exemplos entender a percepção do seu oponente sobre você é crucial. Porém, como isso funciona exatamente?

A Importância do Range ao utilizar Scare Cards

Percepção é o que manda. Pense sobre dor e sofrimento, tirando a dor física, 100% do sofrimento vem da forma como você percebe o mundo.

Seus pensamentos se tornam emoções. Geralmente, se você quiser mudar seus resultados, precisará mudar sua percepção. Este conceito é chave no poker, especialmente quando aplicado à ideia de cartas assustadoras. Como coloca Moschitta:

“Aposte em cartas assustadoras mais frequentemente quando você estiver apto a colocar seu oponente em um determinado range de mãos.”

Moschitta está apontando a diferença entre jogar contra um jogador fraco e um avançado.

Diferenças – jogando contra um jogador fraco e um avançado

Com jogadores como Tony, ranges de mão são irrelevantes. Você deve atacá-los e usar seu medo contra eles. Porém, contra jogadores inteligentes você precisa criar uma história atraente.

Para isso, você precisa colocar seu oponente em um determinado range de mãos, além de ter certeza que seus padrões de apostas estejam dentro do range percebido pelo seu oponente, no que diz respeito à mão que ele percebe que você tem.

Percepção não é limitada a range de mãos. Linguagem corporal e imagem na mesa também são essenciais. Um blefe com linguagem corporal firme é mais forte que o contrário.

Imagine se Tony mudasse um pouco seu jogo e começasse a incorporar alguns blefes em seu arsenal, para usar quando estiver frente à cartas assustadoras. A percepção de que ele é um jogador uni-dimensional e que aposta apenas quando tem faria com que seus oponentes, dito espertos, desistissem da mão frente à aposta de Tony.

Como diz O’Callaghan: “Cartas assustadoras são estranhas, às vezes elas favorecem o agressor e encorajam second ou third barrels (leia mais sobre estes temas aqui e aqui), e outras vezes favorecem o range de quem deveria dar check-call.”

“Quando um flush ou uma sequência se completam, muitos jogadores amadores imediatamente colocam seus oponentes em um flush. Eles esquecem tudo sobre as outras combinações de mão que fariam o vilão tomar as mesmas decisões que tomou. Essa é uma ótima oportunidade para explorar esses jogadores amadores.”

Espero que isso te ajude a entender melhor o conceito de cartas assustadoras, ou scare cards. Agora, vá jogar e encontre alguém para castigar!  :D

Artigo traduzido e adaptado do original: All the Monsters are Dead: A Poker Beginner’s Guide to ScareCards

DEIXE UMA RESPOSTA