Regra 4-2 (Parte 1): Conceitos Básicos

34

Todos sabemos que calcular a chance de melhorar a mão no turn e/ou no river é uma informação fundamental para um bom desempenho no poker. Naturalmente pode-se usar um software como o PokerStove para calcular exatamente as chances de melhorá-la. Mas na prática é necessário fazer este cálculo de cabeça e rapidamente. Mas como?

Vamos analisar uma situação de jogo.

Exemplo Prático:

Blinds em 10/20. Você está no big blind com :As :5c . Toda a mesa roda em fold até o small blind, um jogador sólido e agressivo, que dá raise de 60 fichas (3BB). Você paga. Pote em 120 fichas.

Flop: :Jc :4d :3h

O vilão, primeiro a falar,  aposta 1/2 do pote (60 fichas). E agora?

A Regra 4-2

Uma excelente aproximação para as chances de melhorar a mão pode ser calculada usando a Regra 4-2:

Conte o número outs (cartas que melhoram sua mão) que você tem. Se você estiver no flop, multiplique o número de outs por 4; se estiver no turn, multiplique por 2 o número outs. O resultado é a probabilidade aproximada (em %) de melhorar a mão.

Voltando ao exemplo, vamos considerar que o oponente, um jogador sólido, fez um par alto (vamos supor que ele tinha JQ ou KJ). Para vencê-lo, você vai precisar acertar um Ás (restam 3 no baralho, então 3 outs) ou um 2 (para formar sequência são 4 outs). Portanto você tem 7 outs. Multiplicando 7 por 4 temos 28, ou seja, você tem cerca de 28% de melhorar a mão até seu final.

Como o oponente apostou 60 fichas, o pote tem 180 fichas e você precisa pagar 60 para um pote final de 240, ou seja, 60/180+60 = 1/4 = 0,25 = 25%, de tal forma que o call é matematicamente correto*. Você paga.

*Por que é matematicamente correto? Se você tem 28% de chances de ganhar o pote, e precisa pagar 25% do seu valor para continuar, significa que, a longo prazo, você terá lucro em situações iguais a essas. Guarde este conceito!

Turn: :5s

Você acertou um par, mas continua perdendo para um par maior. Você ainda tem os 7 outs anteriores, mas são acrescidos dois outs, pois a trinca de 5 faria com você vencer a mão. Com 9 outs, pela regra acima, você faz 9 vezes 2 (pois está no turn), que é igual a 18, de tal forma que você tem cerca de 18% de chance de melhorar sua mão no river.

O oponente aposta novamente metade do pote (120 fichas). Mais uma vez você teria que pagar na proporção de 25% (120 por um pote final de 480), mas agora suas chances de vencer são de cerca de 18%. O fold seria o movimento matematicamente correto (sempre lembrando que muitas outras variáveis devem ser levadas em conta na hora de decidir por foldar, como a capacidade do vilão estar blefando ou a chance do vilão foldar a mão se for feito um raise, mas isto é outra discussão mais avançada).

A título de comparação, fazendo o cálculo exato com programas de estatística (considerando a mão do oponente como :Js :Qd), a probabilidade de melhorar somando turn e river é de 29% (usando a regra achou-se 28%), e com o :5s no turn (faltando só o river) é de 20% (com  a regra 18%).

É um método fácil, que ajuda muito em situações de dúvida. Aplique no seu dia a dia e pare de perseguir potes quando não é matematicamente correto fazê-lo!

34 Comentários

  1. muito bom !!!!

    parabéns Petrillo, esse foi exatamente o assunto que nos discutimos no skype e vejo que vc cumpriu direitinho o prometido…agora entendi e estarei usando isso nas mesas… ah cuidado comigo hein, estarei mais competitivo ainda…..rsrs

  2. Petrillo, só tenho uma observação quanto ao seu artigo. Explicite mais o que quer dizer a regra do 4. Um iniciante tenderá a achar pela sua explicação que com 7 outs no flop tem aproximadamente 28% de chance de acertar no turn, o que não é verdade. Esses 28% dizem respeito as chances de acertar um desses outs até o river, ou seja, ainda poderá ser feita outra aposta, o que faz com que os cálculos não sejam tão simples assim. Para saber a chance de acertar seus outs no turn use a regra do 2+1, a estatística é bem próxima em relação a do river. Ex: 7 outs no flop, chance de acertar sua carta no turn é 7×2 =14 +1 = 15% aproximadamente (chance real = 15,55%).

    • O gente boa, esse post foi depois calculado por programas, dificilmente dará errado, sendo que quem acompanho poker na tv, vê essa propapilidade certinha, diretamente vejo no High Stake, no turn a probabilidade cair pela metade, ou menos.

  3. Muito obrigado TSawyer e Bruno!!

    Bruno, perfeito o seu comentário. Na verdade não me esqueci deste detalhe, é que o considerei avançado. Assim, ele vai estar na Parte 3: Conceitos Avançados.

    E é isto mesmo, o a probabilidade de melhorar a mão é até o river quando se está no flop é o número de out por 4. Se conderar só o turn, é por dois também.

  4. OK, Petrillo! Que vc sabia disso eu tinha certeza, só não tinha certeza se vc tinha esquecido de comentar ou deixaria para as próximas partes. Excelente o artigo! Esse tipo de artigo é muito bom pq atrai muita gente para o pokerdicas. Quem nunca foi no google e digitou algum conceito sobre poker que queria saber? Tendo esses conteúdos aqui no site dá mais visibilidade pro POKERDICAS!

  5. Bom artigo, objetivo e claro. Lembrando que essa regra vale bem para poucas outs, considerando o modelo otimista (nenhuma out sua está na mão do adversário). Não sei porque alguns autores preferem esse modelo a considerar as 2 cartas do oponente como aleatórias.

    Óbvio que as cartas do oponente não são totalmente aleatórias, vc consegue estipular quais são, mas num flush draw, por exemplo, vc consegue afirmar se o oponente não está segurando uma ou 2 cartas daquele naipe?

    Só para pensar mesmo. A diferença no fim das contas não é tão alta (de 2% para 14 outs), dificilmente faz diferença na mesa de jogo. O que vale mesmo é o comentário acima, sobre não esquecer da aposta após o turn.

  6. Petrillo otimo artigo!
    Realmente muito bom isso realmente ajuda na hora de apostar.
    Eu gostaria de saber se voce teria algum outro artigo informando sobre a probabilidade de ganhar com uma determinada mao de acordo com outras cartas, ow se conhecer algum site ow lugar que possa me ajudar seria muito grato, obrigado

  7. Qual é a proporção entre o calculo do pot/call com minha probabilidade de ganhar, para no MINIMO aceitar a jogada ???

    se minha probabilidade de ganhar é de 70% por exemlo e o pot/call der 72% devo dar call ou fold ???

    grato

  8. ooou petrillo .. putss eo me enrolei todo tentando seguir a linha de pensamento e pans..

    tem imail ou seilah pra poder me esplicar direito :S
    agradece

  9. Nessa situação eu gosto de dar um raise de 120 depois do flop pra ver a atitude do small.
    É matematicamente incorreto(se estão certos os meus calculos) por colocar 120 e um pote de 360(33%) com uma chance de 28, 29% mais acho bom pq é uma informação importe que evita um prejuízo maior no river.

    O que vcs acham?

    Parabéns pelo blog!! Muito Bom!

  10. Gostaria de saber mais detalhadamente sobre a regra 4-2 pq eu me confundindo com os outs pq eu necessaria mente teria que contar com as cartas do flop ou só as cartas que deixariam minha mão melhor??

    • Sim, sua chance de melhorar a mão teoricamente não muda. Mas se você pagar um valor pequeno num pote grande geralmente vai compensar perseguir seus draws.

  11. Olá! Recentemente tive uma experiencia bacana e gostaria dos comentários de vocês, especialistas, pois no meu calculo essa regra furou…

    Vejam os detalhes da mão:

    Minha mão: 8s 8d
    Vilão: Jh 2h

    Flop: 4h – 5s – 6h

    Vou all in, vilão paga e fala: eu tinha que pagar, tinha 52%.

    Ótimo, acontece que ele tinha na verdade 16 outs…. (flush=9 outs, straight= 4outs, parJ= 3 outs)
    utilizando a regra proposta temos: 16 outs x 4 + 1 = 65%

    Colocando esses numeros no PokerStove deu 52%, a mesma probabilidade que o vilão calculou na hora…….

    ONDE ESTÁ O ERRO !?

    ps: no final das contas o vilão ganhou com um JJ no river…

    • Renã, você contou 4 outs para straight quando na verdade são 3 (um já foi contado para o flush). São 15 outs, que pela regra daria 60% até o river. Acontece que cálculos para mais de 10 outs não obedecem tão bem a esta regra, você tem que ajustar para baixo um pouco.

      Isso porque pode bater a carta dele e ainda assim perder. Por exemplo bate o “J” e depois um “8”, você vence. Ou bate o 8h, ele faz flush, mas depois dobra uma carta no river e você completa full.

      Então a dica é que com mais de 10 outs tem que reduzir o cálculo.

      • Parece que precisa eliminar mais 2 Outs por 8h, dos 15 Outs que mencionou para contagem de Outs flush e de Straigt, pois 8h qual favoreceria mão do Renã. Desta maneira, teria total 13 Outs x 4=52%
        Será que me enganei ?

    • Excelente artigo.

      Nunca tinha feito calculos desta forma e já jogo há algum tempo.

      Continuação.

  12. Legal Marcelo, o que me espantou foi o fato dele calcular isso na hora e tal…. existe alguma outra regrinha pra calcular a probabilidade?

    • Impossível ele calcular corretamente na hora.

      Veja bem: ele não tinha certeza que o par de “J” ganharia, nem que o flush dele ganharia. Ele poderia só supor estas coisas. Acho que ele deve ter considerado só 13 outs, e pelo cálculo chegou a 52%.

  13. O call “matematicamente” correto, penso que esta errado, pois, você considerou os outs do turn e river mas só considerou a aposta do turn. Isso sem contar que supõe que o vilão tenha somente KJ ou QJ, desconsirendo o As que o vilão poderia ter e levar um pote muito maior caso o heroi ache que o jogo está ganho… acho que de qualquer forma isso seria um easy fold.

    • Da mesma forma, se bater a sua carta pode entrar mais dinheiro no pote. A regra 4-2 é só uma estimativa, e deve ser avaliada em cada ação.

  14. Com relaçao ao artigo, fiquei com uma dúvida:

    Como calcular o número de outs se faltam duas cartas para um straight??

    Exemplo: Tenho na mão 6 e 7, e no flop vem 2, K e 9.
    Pra mim completar um Straight, teria que vir 8 e 10, ou 5 e 8. Quantas Outs eu teria que usar no primeiro cálculo?

    Com relação ao artigo, ficou ótimo! parabéns!

    • Neste caso você deve praticamente ignorar esta hipótese. A chance é de 24% para vir uma das cartas certas a do turn, mais 8% de vir a do river. Usando um cálculo estatístico chegamos que a chance total é de aproximadamente 2%. Dificilmente vai compensar tomar uma decisão contando com estes 2%.

  15. Cara vc explicou certinho, mas ao longo do tempo jogando poker vc vai ver q nem sempre os outs são evetivos, neste caso vc vai ter q ter certeza q o vilão tem algo do tipo KJ ou QJ, a menos q vc tenha certeza, e no poker nunca temos 100% de certeza, eu so pucharia os outs para o nuts no caso qquer 2, danod 4 outs.
    No seu exemplo vc esta tendo pots odds de 4 – 1 q é errado para 7 outs, para seu EV ser positivo o pote no flop deveria ter no minimo 5,5 – 1:

    E. V = (7/47 x 240) + (40/47 x – 60)
    E. v = (0,14 x 240) + (0,85 x – 60)
    E.V = (33,6) + (-51)
    E. V = – 17,4 a longo prazo vc esta perdendo…

  16. Não entendi a parte de pagar 60 para ganhar 240. Eu tenho que dispor de 60 fichas para capturar as 180 do pote, ou seja 33%. Se minhas chances são de 28%, nao tenho pot odds. Se eu tenho que colocar 60 pra ganhar os 60 que acabei de colocar, eu não deveria os considerar. Estou enganado?

    • Dante, a conta sempre é feita com o pote final. O pote não representa eu “lucro”, apenas quanto tem de fichas.

      Então para o cálculo, você faz o que precisa pagar dividido pelo pote final (o que tinha no pote mais o valor do teu call).

      No caso, são 60/(180+60).

      Outra forma de fazer a conta, muito comum nos EUA, é dizer que você tem odds de 3:1 (180:60), que representa 25%.

      O percentual de 33% é quando tenho odds de 2:1.

      Vlw! :D

DEIXE UMA RESPOSTA