Cinco Estratégias para Ir Bem nas Fases Finais de um Torneio

0

Todos nós gostamos muito de fazer dinheiro jogando torneios de poker, afinal, é para isso que jogamos! A variância pode ser uma verdadeira montanha-russa. Cair na bolha é mais gelado que um banho em Winterfell, e não participar da mesa final machuca mais que uma cirurgia dentária sem anestesia. Porém, ganhar torneios é o que nos deixa malucos pelos #SundayMajors.

Em torneios multi-table, muitos jogadores não têm uma boa estratégia para a parte final do jogo, o “end game”. Isso faz com que as premiações dos estágios finais não sejam devidamente exploradas. Esses jogadores frequentemente chegarão a posições que levam uma pequena premiação, talvez a premiação mínima, quase nunca estarão entre os 3 primeiros colocados, que é onde grande parte do dinheiro realmente está, e nunca vencerão um torneio. Isso não é bom para o bankroll. Por isso, apresentamos aqui 5 estratégias para garantir que você jogue bem na parte final desses torneios.

O Party Poker está de volta ao Brasil! Saiba como ganhar $20 dólares grátis ao criar sua conta afiliada ao Poker Dicas.

Acelere o ritmo conforme o torneio avança

partypoker-orange-logoNo começo de qualquer torneio, o jogador comum frequentemente pensará que é uma boa ideia acelerar o jogo rapidamente para machucar os stacks dos seus oponentes e se colocar em uma posição de comando. Porém, se envolva demais no começo do jogo e você começará a jogar fichas fora. Você deve jogar tight no começo e gradualmente aumentar seu leque de mãos conforme o torneio e os blinds forem avançando.

Quando as antes entram no jogo é o momento dese  começar a aumentar sua agressividade, roubando blinds e pressionando seus oponentes. Evitar potes muito grandes, a menos que você tenha uma mão excelente, nos estágios iniciais, te colocará em uma posição melhor para dominar os níveis finais. Além disso, aproveite-se de jogadores ruins que desperdiçam fichas do small blind, por exemplo, e preste atenção em sinais como um aumento muito alto pré-flop e hesitação para apostar no turn e no river, aproveite-se disso!

Adapte-se ao poker short-handed

Quando o torneio estiver se aproximando do fim, você precisará se acostumar com mesas que, ao invés de 9, terão apenas 6 ou 7 jogadores. Na mesa final, você obviamente espera ser o único jogador restante. Então, esteja atento às adaptações que precisa fazer em seu jogo para jogar com assentos vazios, seja à sua direita ou à sua esquerda.

Quanto menos jogadores houver na mesa, mais a agressão se torna um fator chave. Você deve aplicar mais 3-bets, pressionando jogadores, e utilizar sua posição com mais intensidade. Afinal, agora você será o big blind em 1 de cada 6 mãos, sendo que antes você estava nessa posição apenas em 1 de cada 9 mãos. Esperar por mãos premium para jogar, ao invés de ser uma estratégia de um jogador tight, nesse momento se transforma em uma estratégia de jogador amador. Isso não significa que você não possa deixar de jogar uma mão ou outra e apenas observar o jogo.

Com apenas duas mesas restantes em um MTT, seu objetivo não deve ser mais chegar na mesa final, mas vencer o torneio. Se você estiver focado nesse objetivo, há maneiras de melhorar suas chances. Uma delas é abrir a outra mesa ativa e observar atentamente seus potenciais oponentes. Todos grandes jogadores têm uma estratégia para ganhar torneios, porém, com que frequência em jogos ao-vivo você pode assistir o que a outra mesa está fazendo? Seja um dos poucos a aproveitar esse vantagem.

Não seja previsível

Party Poker BlackEstar no controle de uma mesa de poker é uma sensação única, especialmente quando você está com um stack grande. No entanto, isso é muito raro de se ver em uma mesa final, já que os jogadores mudam suas estratégias e ações a cada mão. A situação ideal é estar em um ponto de foco total, prestando atenção nos traços do jogo dos outros jogadores, fazendo com que você possa reconhecer seus padrões e usá-los contra eles para chegar à vitória. Porém, conforme você começar a notar coisas sobre o jogo dos seus oponentes, e quanto mais você joga com eles nesse nível de foco, o mesmo se torna verdade sobre o que eles sabem sobre o seu jogo.

Não se deixe cair no padrão “end game”. Esteja ciente dos seus próprios padrões de apostas, da frequência das suas 3-bets e, talvez mais importante, da frequência com que desiste das mãos. Uma maneira de fazer isso é focar em quando você aplica pressão e em quando você desiste de uma mão. Mantenha-se atento aos seus “stats” e monitore como está tanto o seu jogo quanto o do seus oponentes. Considerando que você esteja ciente de como joga contra cada adversário da mesa, e de como cada jogador se comporta frente à cada tipo de adversário, você com certeza encontrará o segredo para vencê-los. Um erro que muitos jogadores cometem nas fases finais é acreditar que eles têm que fazer todo o trabalho duro. Deixe os jogadores muito looses se afundarem sozinhos. Apenas esteja ciente de quais tipos de jogadas podem induzir ao erro e levar a mais eliminações.

Heads-up, aqui o bicho pega.

Fazer acordo ou não?

Se você chegar ao heads-up, provavelmente terá MUITA informação sobre seu oponente. Ele é tight ou insanamente loose? Como ele jogou em potes contra você, em particular? Abra o replay de mãos e dê uma olhada geral para refrescar sua memória acerca do comportamente dele até aqui. Mesmo alguns jogadores mudando muito sua forma de jogar em heads-up, é da natureza das pessoas manter pelo menos alguns padrões estabelecidos, se aproveite disso. Você também precisará novamemente aumentar sua agressão. Heads-up é diferente de qualquer outra parte do poker. Aqui, o que importa é pressionar seu adversário até que você tenha a vantagem em fichas, e então possa batê-los.

Use todas armas do seu arsenal ao jogar o “end game”, e, com certeza, você será o único jogador restante!

Artigo traduzido & adaptado do original: Five Ways to Crush the Tournament End Game

DEIXE UMA RESPOSTA