LAPT: Vitor Torres é o Brasil na mesa final, Daniele Nestola lidera a disputa

O Brasil terá apenas 1 representante na mesa final do LAPT Grand Final, que está ocorrendo no Hotel Sheraton WTC em São Paulo, é Vitor Torres de Campinas (SP) que entra na mesa final short stack com 273.000, cerca de 10bb mais com chances de título.

Já entre os outros 7 jogadores da mesa final destaque para Daniel Nestola, que lidera com uma certa folga a disputa com 1.892.000 fichas, quem também estará presente é o Team PokerStars Pro Daniel Negreanu que está com 702.000 e todos estarão de olho nele quando começar a mesa final.

O dia começou com um ritmo alucinante de eliminações entre os 24 jogadores, porém quando restavam cerca de 15 jogadores o jogo entrou em marcha lenta e demorou cerca de 2 horas até que alguém fosse eliminado, depois disso as eliminações até que quando restavam 9 jogadores o americano Joshua Ewing anunciou all in de 233.000 fichas em middle position e no hijack Gasperino Nicolas anunciou raise para 400.000 isolando o pote, Ewing apresentou 44 e Gaseperino apresentou KK, o board veio TA82A e o americano acabou sendo o “bolha” da mesa final.

Entre os eliminados de hoje, estavam seis brasileiros: Caio Pimenta (12º – R$19.100), Paulo Grendene (15º – R$12.120), Hugo Mora (18º – R$9.220), Fábio Leite (19º – R$9.220), Robinson “Robigol” Quiroga (20º – R$9.220) e Amauri Grutka (21º – R$9.220).

Amanhã, essas serão as posições e os stacks dos finalistas:

Posição 1: Felipe Morbiducci (347.000)
Posição 2: Daniel Negreanu (702.000)
Posição 3: Jonathan Markovits (991.000)
Posição 4: Carlos Ibarra (1.297.000)
Posição 5: Daniele Nestola (1.892.000)
Posição 6: Juan Gonzalez (548.000)
Posição 7: Gasperino Nicolas (1.190.000)
Posição 8: Vitor Torres (273.000)

20fev

Comentários

comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *