Grand Finals Carnival Poker Festival começa em São Paulo, Jean Double lidera o Dia 1 do LAPT

Começou ontem o tão esperado Grand Finals Carnival Poker Festival, reunindo feras nacionais e internacionais do Poker.

Antes começar o dia 1 do LAPT houve uma coletiva de imprensa, que contou com representantes do Pokerstars, CBTH, os jogadores Andre Akkari e Daniel Negreanu e também o Deputado Federal Walter Feldman que reforçou a importância de se colocar o Poker no currículo escolar. “Reforço que o pôquer deveria estar nas escolas, no currículo escolar. É um esporte de habilidade mental e uma atividade coletiva. Há uma incompreensão e um preconceito muito grande sobre o jogo e eventos como esse reforçam a importância desse esporte para o país”, disse o deputado que levará o assunto para ser discutido no Congresso Nacional.

O canadense Daniel Negreanu, um dos mais famosos jogadores do mundo, falou da satisfação de estar pela primeira vez no Brasil. “Todos me falam que o Brasil é um pais lindo, com suas festas sensacionais e seu povo alegre. Estou muito feliz de estar aqui”. Sobre a disputa do LAPT, Negreanu disse o que espera dos adversários brasileiros. “Os jogadores brasileiros que eu já enfrentei em torneios em outros países sempre foram muito criativos, com ações inesperadas. Logo, aqui espero o inesperado”.

Já com ficha no pano tivemos 367 entradas no Evento Principal gerando um Prize Pool de R$ 1.317.160 e todos estes jogadores de olho na premiação principal de R$ 324.600 e o ITM chegará quando restarem apenas 48 jogadores.

E o destaque fica para Jean Double de Manaus que passou o dia com 189 mil fichas e liderando o field seguido de perto pelo já conhecido Robinson “Robigol” Quiroga que vem com 187 mil fichas.

Outros brasileiros também avançaram, entre eles Cássio Kiles (136.100), Edu “Sequela” (135.700), Jorge Pereira (113.700), Francesco Conte (104.900), Caio Pimenta (98.500), Felipe “Mojave” Ramos (97.300), Luiz Filipe Andrade (85.000), Victor Talamini que chegou a liderar a disputa (67.400), Vini Marques (53.200), Alex Gelinksi (48.100), Marcelo Berlofa (48.000) e Rafael “GM Valter” Moraes (32.900).

Entre os jogadores do Team PokerStars Pro, Daniel Negreanu tem o maior stack. Depois de tirar um sono para curar a ressaca o que lhe custou os dois primeiros níveis de blinds, ele ficou na mesa televisionada e terminou com 121.700 em fichas. Humberto Brenes (59.000), Jose “Nacho” Barbero (65.200), e Leo Fernandez (41.700) vão fazer companhia para Negreanu no dia 2.

Já entre os eliminados, estavam os Team Pro Fátima Moreira de Melo, Eugene Katchalov, André Akkari, Mathias De Meulder, Juan Manuel Pastor, Angel Guillen, Christian De Leon e o Sportstar Gualter Salles, também alguns brasileiros como Marcelo Dabus, Stetson Fraiha e Larissa Metran além de uma série de outros jogadores brasileiros.

Hoje os 109 jogadores que restam retornam às mesas para o dia 2 que começa ao meio dia até que restem apenas 24 jogadores e você pode acompanhar cada detalhe através do nosso site. Fique ligado!

18fev

Comentários

comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *